11 anos e o último post deste blog

sexta-feira, 8 de junho de 2018

Eita, que título mais alarmista, né? Desculpe se eu assustei você.

Bem, você deve ter reparado que as coisas por aqui andavam devagar-quase-parando-parou, né.

Mas era só impressão. Enquanto as bolas de feno rolavam neste espaço, uma equipe trabalhava freneticamente.

Tudo para que, hoje, 8 de junho, quando o blog completa 11 anos de existência, eu pudesse orgulhosamente anunciar:

No Calor do Fogão virou site 

com domínio próprio e tudo mais!


Acesse agora e atualize seu leitor de RSS: nocalordofogao.com.br.


Fique à vontade para conhecer o espaço e fazer dele o nosso novo ponto de encontro. E não repare a bagunça: ainda estou fazendo a adequação dos posts antigos ao novo formato, refazendo links e fotos.

Ah, claro,  as atualizações passarão a ser feitas todas no novo site. O bloguinho aqui vai existir enquanto o novo domínio não estiver redondinho. Mas o objetivo é que ele seja desativado logo mais.

No mais, obrigada pela companhia, pela paciência, por tudo. Foi a sua presença que fez estes 11 anos valerem a pena.

Bolo delícia de maracujá

terça-feira, 8 de maio de 2018

Bolo delícia de maracujá

Eita, que está difícil dar as caras por estas bandas. Mas consegui, e vim trazendo um bolinho muito bom, inspirado em receita da diva Rita Lobo.

Se você é frequentador das antigas do Panelinha, já deve ter ouvido falar do bolo delícia de limão. Ele é um super sucesso. Mas eu não tinha limões em casa, nem vontade de sair só para comprá-los. Em compensação, tinha suco concentrado de maracujá* no freezer. Resolvi arriscar.

Ficou incrível, perfumadíssimo e com um azedinho bom do maracujá. Dá água na boca só de lembrar.

Fiz a calda do jeito indicado na receita da Rita e pincelei o bolo inteiro com ela. Como sobrou muita (e bem fluida), resolvi engrossá-la misturando um pouco de açúcar impalpável (não medi quanto). Verti no topo do bolo, deixando empoçar no centro - e me arrependi de não ter servido o que restou à parte, para quem quisesse colocar um pouquinho mais em sua fatia, pois ficou boa demais.

Bolo delícia de maracujá
Receita livremente adaptada daqui

Ingredientes:

Para o bolo:
3 xícaras (chá) de farinha de trigo
200 g de manteiga sem sal em temperatura ambiente
4 ovos
2 xícaras (chá) de açúcar
1 xícara (chá) de suco concentrado de maracujá*
2 colheres (chá) de fermento em pó
½ colher (chá) de sal
manteiga e farinha de trigo para untar e polvilhar

Para a calda:
⅓ de xícara (chá) de suco concentrado de maracujá*
⅔ de xícara (chá) de açúcar

Modo de preparo:

Preaqueça o forno a 180ºC. Unte com manteiga e polvilhe com farinha de trigo uma forma com furo no meio com capacidade para 10 xícaras de massa. Reserve.

Numa tigela, passe pela peneira a farinha, o fermento e o sal. Misture e reserve.

Na batedeira, bata a manteiga até formar um creme claro e fofo. Adicione o açúcar e bata apenas para misturar. Numa tigela pequena, quebre um ovo de cada vez e junte ao creme da batedeira, batendo bem entre cada adição para incorporar.

Diminua a velocidade da batedeira e adicione os ingredientes peneirados aos poucos, alternando com o suco de maracujá. A cada adição, bata apenas para misturar.

Desligue a batedeira e, com uma espátula, raspe as laterais da tigela, misturando ligeiramente para homogeneizar a massa.

Transfira a massa para a forma preparada e nivele-a girando a forma rapidamente sobre a bancada. Leve ao forno para assar por cerca de 45 minutos ou até que o bolo passe no teste do palito.

Retire do forno e deixe esfriar por 15 minutos. Enquanto isso, prepare a calda: numa tigela pequena, combine o açúcar e o suco de maracujá, mexendo até que os grãozinhos de açúcar se dissolvam.

Desenforme o bolo para o prato de servir. Com uma colher (ou pincel culinário), espalhe a calda sobre o bolo ainda morno.

Bolo delícia de maracujá

Observações finais:

* O suco concentrado que utilizei neste bolo foi feito batendo a polpa dos maracujás no liquidificador e coando em seguida. Sem adição de água ou açúcar.

* Se você está cercado de intolerantes à lactose, como eu, boa notícia: este bolo tem pouca lactose - só a da manteiga.

Brownies com farinha de trigo integral

quinta-feira, 12 de abril de 2018

Brownies com farinha de trigo integral e açúcar mascavo são fit/funcionais/saudáveis, certo? Errado. Estes bonitinhos são uma verdadeira bomba de manteiga e açúcar (deliciosa, diga-se de passagem). Por outro lado, que mal há em comer uma guloseima feita com ingredientes mais nutritivos, néam?

A receita original é de brownies simples, com textura fudgy e sabor intenso de chocolate. Mas posso assegurar que eles aceitam bem o acréscimo de castanhas (usei pecãs e recomendo!), M&Ms ou pedacinhos de chocolate.

Brownies com farinha integral
Receita ligeiramente adaptada daqui

Ingredientes:

1 1/4 xícaras de manteiga sem sal
2 1/2 xícaras de açúcar mascavo
4 ovos grandes, em temperatura ambiente
1 1/2 xícaras de cacau em pó não adoçado
1/2 colher (chá) de sal
2 colheres (chá) de extrato de baunilha
2/3 xícara de farinha de trigo integral
Opcional: 150g de M&M, chocolate em gotas ou castanhas grosseiramente picadas

Modo de preparo:

Preaqueça o forno a 180°C. Unte e forre com papel manteiga uma forma quadrada com 23 cm (deixe o papel sobrar dos lados para ajudar na hora de desenformar).

Em uma tigela grande refratária, coloque a manteiga e o açúcar. Leve ao micro-ondas por 30 segundos em potência alta, retirando em seguida e mexendo com um fouet. Repita o processo mais 2 vezes. O objetivo é obter uma mistura homogênea e brilhante, ainda que um pouco granulosa.

Deixe a mistura esfriar um pouco e adicione os ovos, um de cada vez, batendo bem a cada adição (se quiser usar uma batedeira de mão, tem o meu apoio). Bata até que a mistura fique ligeiramente mais clara. Adicione então o cacau em pó, o sal e a baunilha e misture bem. Por fim, envolva a farinha de trigo e metade das castanhas, chocolates ou confeitos (se for usá-los).

Verta a massa na forma preparada e alise a superfície. Por cima, distribua o restante das castanhas, chocolates ou confeitos. Leve ao forno até que os brownies passem no teste do palito (quando espetado no centro da massa, o palito sai com algumas migalhas úmidas).

Deixe esfriar completamente antes de desenformar e cortar.

Observações finais:

* Utilizei duas formas de alumínio descartável para assar esses brownies. A primeira tinha 1500 mL e acabou ficando muito cheia, então coloquei o restinho em outra de 750 mL. Só por isso os brownies da foto ficaram mais baixinhos.

* Reduzi a quantidade de sal pedida na receita original porque achei-a excessiva.

Brownies com biscoito Oreo

sexta-feira, 6 de abril de 2018

Olha eu aqui de novo. Queria poder dizer que estou voltando com força total, mas nem é o caso. No último mês, passei por uma mudança grande de rotina - mudei o horário da minha atividade física para de manhã beeeeem cedinho. O que significa que cozinhar depois de colocar as crianças para dormir ficou fora de cogitação - preciso dormir mais cedo para dar conta do dia seguinte.

Então, estou voltando pra cá de mansinho, restringindo a cozinha aos finais de semana - e apenas aqueles em que sobram tempo e disposição.

Mas vamos falar de coisa boa? De brownies. Nunca tinha pensado seriamente em combinar brownies com biscoito Oreo. Mas tinha um pacote desses biscoitos dando bobeira na despensa, sobra da última vez que fiz palha italiana de Leite Ninho e Oreo. Por que não, né.

Fiz a receita da Lorraine Pascale depois de conhecê-la no blog da Valentina. E, olha, não me arrependi: é muito, muito, muito boa. Super fudgy, bem equilibrada em termos de dulçor e chocolatuda até não poder mais. Fiquei preocupada de o biscoito dar um paladar infantil aos brownies, mas que nada, ficou surpreendentemente bom. Passou com louvor no crivo do crítico mais exigente (o hômi).

Mas será que este brownie vai ser sucesso de público também? Teste com o seu pessoal e depois me conte!

Brownies de oreo
Receita daqui

Ingredientes:

165g de manteiga, mais um pouquinho para untar a forma
200g de chocolate amargo, em gotas ou picadinho
3 ovos + 2 gemas (congele as claras que sobrarem pra depois fazer friands!)
2 colheres (chá) de extrato de baunilha
165g de açúcar mascavo claro
2 colheres (sopa) de farinha de trigo
1 colher (sopa) de cacau em pó
Uma pitada de sal
150g de biscoitos Oreo (se eu fosse você, usava 1 pacote de 140g de Negresco, o resultado fica bem parecido e sai bem mais em conta)

Modo de preparo:

Preaqueça o forno a 180°C. Unte com manteiga uma assadeira quadrada com 20 cm. Forre-a com papel manteiga, deixando sobras de papel nas laterais.

Com uma faca ou, mesmo, com as mãos, quebre os biscoitos em quartos (não tem problema se ficar irregular, não faz diferença). Reserve.

Em uma panela, leve a manteiga ao fogo médio. Quando ela derreter, desligue o fogo e adicione o chocolate. Reserve por uns 5 minutos, até que o chocolate derreta com o calor da manteiga. Em seguida, misture bem com uma espátula de silicone até homogeneizar.

Na tigela da batedeira, adicione os ovos, as gemas e a baunilha e bata bem até que a mistura comece a ficar leve e fofa. Sem parar de bater, adicione o açúcar, aos poucos, sempre pelas laterais da tigela (assim você não perde o ar acumulado). Bata até que a mistura fique clara e firme.

Desligue a batedeira e adicione a mistura de chocolate derretido. Incorpore o chocolate aos poucos, envolvendo delicadamente com a espátula. Quando a mistura estiver homogênea, peneire sobre ela a farinha, o sal e o cacau. Incorpore mexendo levemente. Some 1/3 dos biscoitos e envolva também.

Verta a massa na forma preparada, alisando-a com a espátula. Distribua o restante dos biscoitos quebrados sobre a superfície, afundando-os ligeiramente.

Leve ao forno por 25 a 30 minutos ou até que os brownies passem no teste do palito deles (o palito sai com migalhas úmidas ao espetar o centro da forma).

Deixe os brownies esfriarem completamente antes de desenformá-los (use o papel manteiga para ajudar). Se quiser, polvilhe com açúcar de confeiteiro - pra mim, isso é totalmente dispensável.

Chá de sumiço

quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

Tea
Foto do usuário do Flickr Praveen publicada sob uma licença Creative Commons 

 Olá, tudo bem? O blog está sem atualizações porque eu pouco tenho cozinhado - e, quando o faço, não é nada que já não esteja publicado aqui (ou que mereça um post).

Acompanhando outros blogs longevos, sei que, com raríssimas exceções, há épocas em que bate um desânimo não necessariamente relacionado ao blog, mas que o impacta diretamente. 

Em outras épocas da vida, eu me forçaria a cozinhar e a escrever posts mesmo sem vontade, prazer ou disposição. Mas hoje não pretendo fazer isso. Como parte importante do que eu sou e amo, No Calor do Fogão vai dar um tempo até que eu coloque de novo a cabeça no lugar e o coração na cozinha.

Mas sei que isso é passageiro. Logo, logo as coisas voltam aos eixos e eu retorno aqui com força total. Espero na volta reencontrar você!

Obs.: Não se preocupe, não está acontecendo nada de grave ou triste na minha vida ou na vida das minhas pessoas.

Coletânea - coco, seu lindo!

terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

Não sei se você se sente assim, mas eu costumo chegar exausta no carnaval - as festas de fim de ano, as férias escolares, a volta às aulas e à rotina... e, para mim, ainda há o agravante do aniversário das crianças e das férias da santa protetora do meu lar (a quem chamamos formalmente de Mariana).

Pra espantar o cansaço e o desânimo, eu evoco um sabor que, para mim, tem cheiro de brisa do mar e o sabor reconfortante de um cochilo na rede. O coco, esse lindo. Não bastasse ser toda essa gostosura, ainda casa muito bem com outros ingredientes, quer ver só? Vem comigo!


Cocada com leite condensado

Cocada

Que trem bom e viciante que é cocada. E essa fica pronta num piscar de olhos!

*****************************

Creme de tapioca e coco com calda de maracujá

Creme de tapioca e coco com calda de maracujá

Vamos começar a combinar sabores? Coco e maracujá é uma das minhas combinações preferidas! Num creminho de tapioca, então... hummmm

*****************************

Granola de coco e canela

Granola com fitas de coco

Coco em fitas é vida, gente. Na granola, ele tosta e fica caramelado, perfumado e delicioso. Difícil é parar de 'pescar' os gruminhos que se formam.

*****************************

Bolo de mandioca com coco

Bolo de mandioca e coco

Esse bolo é bom demais! Não é à toa que, vira e mexe, aparece em alguma das minhas coletâneas.

*****************************

Manjar branco vegano


A sobremesa preferida do meu pai. Tão leve e suave, uma nuvenzinha de coco.

*****************************

Bolo de coco e limão com um toque de gengibre

Bolo de limão e coco com um toque de gengibre

Outra figurinha carimbada das coletâneas. Coco e limão também é combinação matadora, prove e confira!

*****************************

Brownies quádruplos de chocolate e coco

Brownies quádruplos de coco

Açúcar de coco, óleo de coco, farinha de coco, leite de coco. Pode tanto coco assim? Pode! E fica delícia combinado com chocolate!

*****************************

Cuca de coco com curd de maracujá


Cuca de coco com curd de maracujá

Um sonho, de tão gostoso. E fica pronto num instante (se você tiver curd de maracujá pronto, claro - mas ele também é fácil de preparar).

*****************************

Cuscuz de tapioca com coco

Cuscuz de tapioca para um

Se eu não me engano, no Pará, esse cuscuz é conhecido como bolo podre. Mas, de podre, ele não tem nada! É uma maravilha. E é porção individual, pra quando você quer um agrado só pra você.

*****************************

Bolinhos de coco fofíssimos

Bolo de coco fofinho_

Receita da Bibi, minha prima querida que é boa em tudo que faz. É o bolo mais fofinho e delicado do mundo.

Coletânea - se a vida dá limões...

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

Todo mundo passa por momentos difíceis de engolir vez ou outra. Mas não se deixe abater! Se a vida está sendo azeda com você, se há amargura demais ao seu redor, contra-ataque! Colha os limões à sua volta e prepare uma das sugestões a seguir.

Saboreie, ofereça aos convivas e tenha certeza: a doçura há de voltar para você.

*******************************


Fudge de limão e macadâmia

Uma combinação de sabores apaixonante. Agrada em cheio as formiguinhas e é muito fácil de fazer.

*******************************

Bolo de coco e limão taiti com um toque de gengibre

Bolo de limão e coco com um toque de gengibre

Esse bolo é incrível! Não há quem não se encante por ele. Coco e limão são perfeitos juntos, vá por mim.

*******************************

Palha italiana de limão e chocolate branco

Palha Italiana de Limão

Chocolate branco + limão = encontro de almas. Para esse docinho, em especial, recomendo o limão taiti - fica mais saboroso!

*******************************

Barrinhas de chocolate branco e glacê de limão

Barrinhas de chocolate branco e limão

A textura é de brownie, o sabor é irresistível. Estou com água na boca só de ver a foto, hahahaha.


*******************************

Madeleines de mel e limão

Madeleines de limão e mel

Não se intimide com o ar sofisticado desses bolinhos. São simples de fazer e tão, tão gostosos!

*******************************

Bolo de chocolate branco e limão

Bolo de chocolate branco e limão - inteiro

Para mim, este é o suprassumo do bolo - o meu preferido ever. É úmido, fofo e tem um sabor sublime.

Printfriendly