Necessidade - a mãe das invenções

domingo, 1 de julho de 2007

É bom ter em casa todos os ingredientes que a gente precisa para fazer uma comidinha. Mas, confesso, não me incomodo nada quando falta alguma coisa e eu preciso inventar - ou, ainda, quando há algo na minha despensa pedindo para ser usado (acho que é quando eu me divirto mais, para falar a verdade).

Hoje, bananas, laranjas e cenouras me imploravam para terem um fim nobre. As bananas viraram muffins (dessa vez, eu não errei o tempo de forno e eles ficaram divinos); as cenouras viraram tirinhas finas, que foram refogadas em alho, cebola e salsa até ficarem al dente; e o suco das laranjas deu sabor a um arroz simples. E como não pode faltar proteína animal nas minhas refeições, fui de franguinho à milanesa da Sadia, preparado no forno. Delícia de almoço.

Em tempo: estou desconfiada de que o queijo que está morando na minha geladeira é um meia-cura. Vou arriscar preparar as queijadinhas durante a semana.

Nenhum comentário:

Printfriendly