'Sem Reservas' em São Paulo

sexta-feira, 7 de setembro de 2007

Não vejo a hora de me livrar deste freela insuportável que tem me tomado dias e noites e voltar para as minhas amadas panelas. Enquanto isso, me consolo vendo Anthony Bourdain falar mal de São Paulo e, por fim, se render aos encantos da cidade (Sem Reservas - Discovery Travel & Living).

É bem verdade que o programa contém erros bem bizarros, típicos de um gringo, como dizer que Minas é um dos estados mais pobres do Brasil, ou que a feijoada é prato típico de lá. Mas, de um modo geral, ele foi muito, muito bom. Com direito a ver Anthony Bourdain, completamente mole de tanta feijoada, cachaça e carinho, dizendo que os bons momentos vividos passava na casa da cozinheira Cláudia faziam com que ele acreditasse num mundo verdadeiramente melhor. "Quer dizer que você fica menos cínico aqui?", perguntou a produtora do programa. Pelo jeito como ele se virou para olhar a câmera, já imaginei alguma respostinha sacana. Mas ele encarou as lentes com um olhar muito lânguido e se limitou a responder "Sim", com uma expressão serena. Só restou uma dúvida no ar: os méritos por esta mudança tão radical de estado de espírito foram da comida, dos amigos ou da cachaça?

Um comentário:

Karina Frabetti disse...

olha Lê, pelo que eu tinha lido na materia q vc me mandou eu achei q o programa seria muuuito pior. mas eu achei até engraçado, o anthony não mostra as coisas mais típicas sempre, ele procura sempre o mais inesperadas e acho q ele seguiu bem o padrão dele. Bom, pelo menos não queimou tanto o flime de sp quanto o do Rio.

Printfriendly