Farfalle alla matriciana

segunda-feira, 5 de novembro de 2007

Eu amo massas com molho de tomate. E amo bacon. Assim, não é de se admirar que eu seja uma grande fã do molho alla matriciana.

Farfalle alla matriciana

Ingredientes:

2 latas de tomate pelado
2 dentes de alho picadinhos
1/2 cebola picadinha
100 g de bacon em cubinhos (se você encontrar pancetta, use!)
150 g de farfalle (funciona bem com bucatini, penne, ziti... eu usei farfalle porque era a massa que tinha em casa)
Sal e pimenta moídos na hora, a gosto
Pimenta calabresa em flocos, a gosto (não pude usar, tenho um alérgico a pimenta em casa...)
Um punhado de manjericão fresco
Pecorino ralado na hora de servir (eu usei parmesão, ficou bom)

Modo de preparo:


Comece fritando os cubos de bacon na própria gordura, até que fiquem bronzeados. Feito isso, abra um espaço entre os bacons e adicione a cebola e o alho, para que refoguem na gordura que se formou na panela até ficarem translúcidos.

Abra as latas de tomate e drene o líquido de dentro delas. Despedace os tomates grosseiramente, com as mãos, e adicione à panela. Eles ficarão cozinhando por cerca de 10 minutos. Aproveite esse tempo para cozinhar a massa em água fervente, numa outra panela.

Passados os 10 minutos, tempere o molho com sal e pimenta do reino a gosto, acrescente as folhas de manjericão e deixe só por mais dois minutinhos no fogo.

Escorra a massa cozida al dente e misture com o molho. Sirva com queijo ralado na hora, se puder.

Truques, trapaças e um molho fumegante:


Os tomates em lata podem ser muito ácidos. E nem sempre dá tempo ou ânimo de fazer como alguns chefs recomendam - acrescentar cenoura ralada bem fininho para equilibrar a acidez. Então, eu trapaceio e coloco um pouquinho de açúcar ou de catchup. Pronto, confessei.

E já que o negócio é abrir o jogo, não temperei meu molho com sal e pimenta, mas com um pouco de caldo de carne em pó, já que tinha um pacotinho aqui meio usado.

SHAME ON ME. Mas ficou bom.

8 comentários:

fezoca disse...

ah, entao eh esse o proposito da cenoura no molho de tomate? muito bom, muito bom! :-)

um beijo,

Anette disse...

Que massinha boa!!!
Beijinhos

Laurinha disse...

Olha, eu já jantei, mas faria um pratinho agora mesmo, viu!
Delícia, menina!
Beijinhos,

Laurinha disse...

eu de novo... zanzei pela sua cozinha, oba! qta coisa boa, já está nos meus feeds, virei sempre viu!
Beijinhos,

pipoka disse...

Eu cá estou trapaceando no molho de tomate faz anos!!! Como nunca coloco cenoura, ponho sempre uma pitada de açúcar. O que interessa é o sabor, não é?

Akemi disse...

Pois eu também vivo trapaceando na cozinha! Bom saber que não sou a única! rss
Beijos

Marizé disse...

Saber fazer "trapaça" - batota, em Portugal - também é talento.

Muito boa esta massa.

Beijocas

Letrícia disse...

Fer, algum chef desses da TV disse que a cenoura servia também para isso. Achei a explicação plausível e acreditei. Se é verdade, já são outros quinhentos...

Anette, estava boa, mesmo. E é tão fácil de fazer!

Laurinha, que bom receber sua visita! Adorei a sua cozinha, também!

Pipoka, acho que consigo contar nos dedos de uma só mão quantas vezes usei cenoura no molho de tomate... o açúcar é be mais prático. E fica delicioso!

Akemi, também fico feliz em saber que não estou sozinha ;-)

Marizé, fiquei imaginando que "trapaça" pudesse ter outro nome aí, mesmo. E adorei essa palavra!

Beijos a todas!

Printfriendly