Roadhouse yeast rolls

segunda-feira, 17 de dezembro de 2007

Roadhouse yeast rolls

Testei novamente a receita, agora em condições normais de temperatura e pressão, e posso dizer que ela é, no mínimo, parecidíssima com a dos maravilhosos pãezinhos do Roadhouse. Meus eternos agradecimentos à princesa designer Patrícia Montenegro, que me mandou a receita!

A massa é um pouco chata de modelar (por ser mais doce, é bem grudenta). Mas o sabor compensa todo o trabalho.

Ingredientes:

1 2/3 xícaras de água morna
1/3 xícara de óleo vegetal (usei canola)
1 xícara + 3 colheres (sopa) de açúcar
4 a 6 xícaras de farinha de trigo – ou mais, se necessário (usei 5 xícaras e agüentei firme)
4 ½ colheres (chá) de fermento biológico seco
1 colher (chá) de sal (usei o dobro)
4 colheres (sopa) de manteiga derretida

Modo de preparo:


Numa tigela, misture a água morna, o açúcar e o fermento e reserve. Em outra (grande), misture o sal e 4 xícaras de farinha, fazendo uma cova no meio. Despeje então os ingredientes líquidos dentro – a manteiga derretida e a mistura de fermento. Com os dedos, vá incorporando o líquido à farinha. Feito isso, transfira a massa para a sua superfície de trabalho devidamente limpa e enfarinhada e prepare-se para o trabalho duro.

Na verdade, nem é tão duro assim, mas você precisará sovar a sua massa, adicionando farinha aos poucos, até que ela fique lisa, elástica e macia, sem grudar muito nas mãos. Para obter pães mais leves, resista à tentação de colocar mais do que 1 xícara de farinha.

Quando tiver terminado, forme uma bola com a massa e coloque-a numa tigela untada com óleo vegetal. Vire a parte da massa que ficou untada para cima e deixe-a crescer em local quentinho até dobrar de volume.

Depois que a massa dobrou de volume, soque-a para extrair o gás que se acumulou. Modele os pães da maneira que desejar – minha sugestão é que você faça uma ‘cobrona’ comprida, de 5 cm de diâmetro, e a corte em intervalos de 5 cm. Disponha os pães em assadeiras untadas e enfarinhadas, pincele-os com um pouco de manteiga derretida (esqueci dessas pinceladas) e deixe crescer novamente.

Leve os pães para assar em forno preaquecido a 180°C por cerca de 25 minutos ou até que eles fiquem coradinhos. Pincele com manteiga novamente (eu não pincelei) e deixe esfriar numa grade. Deve render cerca de 3 dúzias de pãezinhos (não sei ao certo, não modelei todos da mesma forma).

Roadhouse yeast rolls Esse aí virou bisnaguinha...

Falando a verdade:

Gente, só agora que eu transcrevi a receita é que percebi que eu entendi errado um pedaço dela. Eu adicionei o óleo vegetal à massa, junto com a manteiga, e acredito que ele devesse entrar somente na preparação para o crescimento, na hora de untar massa e tigela. Minha massa provavelmente deve ter ficado mais grudenta que o normal. ;-).

13 comentários:

laila disse...

ahhaha entendido pq o misterio da massa...outro dia tbm percebi q fiz uma massa d pão errada, mas o detalhe antes havia feito 3 vezes errada! como nao vi o erro antes??? mas q estão linddos estão1 e a bisnaga esta um charme!

receitinhas da belinhagulosinha disse...

ficaram lindos os pãezinhos.......bjokass

risonha disse...

ainda não tomei o pequeno almoço, pois acordei há pouco tempo. posso roubar um pãozinho para comer agora?

yaralucas disse...

Menina, que tentação :o) Ontem fiz seus pães de batata, que receita boa! Recheei os meus com queijo e presunto e hoje o maridão já comeu dois no café da manhã :o) Obrigada por dividir com a gente suas receitas deliciosas :o)

Marizé disse...

Estão apeteciveis!!!

Beijocas

Cris disse...

Ficaram um charme! Gosto de pães docinhos!

kini disse...

Esse pãozinho com uma fatia de fiambre e um cafézinho...hum...é tudo de bom.
Bjs

Laurinha disse...

Hummmmmmmmm, adorei estes pãozinhos! Lindinhos!
Beijinhos,

Elvira disse...

Parabéns! Ficaram perfeitos! :-)

Letrícia disse...

Laila, precisava ver a minha cara de tacho quando percebi o erro... ainda bem que não prejudicou o pãozinho, só dificultou a vida da padeira...

Obrigada, Belinha! :-)

Risonha, fique à vontade. Puxe uma cadeira enquanto eu faço um café!

Yara, que bom que você gostou! Esses pãezinhos de batata são bons, mesmo. Recheados, então...

Marizé, logo que comecei a lidar com a massa grudenta, fiquei achando que não daria para deixá-los com boa aparência, mas no final, saíram bem simpáticos.

Cris, também adoro pães docinhos. E esse do Roadhouse Grill é uma coisa, de bom.

Kini, se com uma manteiguinha, eles já ficam incríveis, imagine com a sua sugestão...

Laurinha, fico feliz que tenha gostado!

Elvira, obrigada! :-)

Beijos a todas!

Retro Girl disse...

Olá! Blog Encantador você tem aqui. Encontrei o seu blog procurando a receita para Rolos de Levedura Roadhouse de Logan. Movi-me a uma cidade onde não há nenhum Logan e querer fazer o meu próprio. De todas as receitas e fotos vi online - o seu olhada exatamente como Logan. Admirando-se - se você diz o inglês, você pode mandar-me por correio eletrónico a receita em inglês? Eu seria realmente agradecido. Obrigado pelo seu tempo e consideração. Tenha um grande dia!

Desculpe-me se isto não sair corretamente, usei um tradutor online. Se você puder, por favor mande por correio eletrónico a versão inglesa da receita ao meu endereço de correio eletrónico em baixo. Serei para sempre agradecido.

Obrigado, Angela
correio eletrónico: Retro_Girl1966@yahoo.com

Jeane gudim schneider disse...

Amigos, fiz a receita mas a massa não cresceu. Qual o tempo que leva pra ela crescer? Grata!

Letrícia disse...

Oi, Jeane, o tempo depende da temperatura e da altitude de onde você está. De todo modo, pode demorar cerca de duas horas para crescer.

Ah, só um comentário: No Calor do Fogão é um blog pessoal - não tem essa equipe toda, só euzinha ;-)

Abraços!

Printfriendly