Domando a panela de pressão (aos poucos)

quarta-feira, 30 de janeiro de 2008

Finalmente fiz mais do que cozinhar feijão, lata de leite condensado ou milho verde na minha panela de pressão! Esta, aliás, era uma das minhas metas culinárias do ano (uma outra é perder o medo de receitas que levam claras em neve, mas isso já é outra história).

Preparei arroz integral seguindo as orientações da Neide. Foi mais ou menos assim: na panela de pressão, refoguei uma cebola em um pouco de manteiga. Acrescentei 1 ½ xícaras de arroz e deixei fritar um pouco. Depois adicionei 4 ½ xícaras de água fervente, temperei, tampei e esperei. Quando a panela começou a chiar, marquei meia hora para desligar o fogo.

Por algum motivo que eu desconheço, a água não secou totalmente, embora o arroz estivesse perfeitamente cozido e macio. Mas não me incomodei, não. Também gosto de arroz grudadinho, que dá pra comer com pauzinhos.

Ah, também preparei o lagarto ao molho de cerveja preta da Dani, seguindo as orientações da Akemi. E a prova do crime está aí (a qualidade da foto tá deprê porque foi tirada à noite):

Sanduíche-ícheSanduíche de lagarto com queijo prato derretido, dentro de um pãozinho de abóbora.

PS.: Estou colecionando receitas que utilizam panela de pressão. Se você tiver uma, mande pra mim! ;-)

12 comentários:

Geórgia disse...

Apesar de minha panela de pressão ser minha aliada, costumo preparar arroz integral no microondas, acho mais fácil. Mas, o lagarto, que ficou apetitoso, tem que ser na pressão mesmo, parabéns. Bjs.

Marizé disse...

Essa carne da Dani está na minha lista de receitas a fazer.

A minha relação com a panela de pressão é assim mais ou menos como a sua, vou aproveitar a sua "saga" para ver se mudo.

Beijocas

Sylvia disse...

Também sou assim ,mas estou domando, mesmo tendo medo dela :). Seu lagarto ficou maravilhoso

risonha disse...

pois eu adoro usar a panela de pressão, faço muito uso da minha... para estufar carne, para guisar frango, para cozer polvo, pato... etc...
e até tenho uma receita de arroz doce que é feita na panela de pressão. por isso quando precisares é só bateres á porta da minha cozinha

Dani Rollemberg disse...

Essa receita de lagarto é a maior coringa, né?
ótima para quem quer fazer um prato gostoso, mas tem pouco tempo.
O sanduba ficou lindão!!!
Bjs

Cinara disse...

Lê, estou apaixonada pela minha panela de pressão nova! Eu acho que meu problema era com aquele tipo antigo de panela de pressão... Também quero mais receitas para ela! Vou agora mesmo pedir a receita do arroz doce da Risonha!
Beijão e bom carnaval, querida!

Akemi disse...

Que bom que gostou deste lagarto! O molho é tudo de bom ne? Agora este queijo derretido escorrendo é pura tentação, hein! E com pãozinho de abóbora, Jesusss, quero um agora!!!

Karina Frabetti disse...

Nossa Lê, não conhecia esse seu "desafio" eu sou louca pela minha panela de pressão e uso ela pra tudo, para as sopas é uma mão na roda, sopa em 10min.
Sou tão apaixonada pela minha (uma nigro com 6 travas de segurança) que quando vim pra cá, trouxe ela na mala. :)
Uma pscicologa amiga da minha mãe disse que eu tinha que trabalhar meus apegos, mas não me arrependo nem um pouco.

Letrícia disse...

Geórgia, estou tentando fazer a panela de pressão trabalhar a meu favor. Ela andava muito à toa em casa ;-)

Marizé, pode deixar que eu vou dividir tudo de bom (e de ruim, vá saber, né) que eu aprender a fazer na minha panela de pressão!

Sylvia, adoro o seu blog (e a cidade em que você vive - conheci em 2006 e fiquei apaixonada!). Também tenho medo de panela de pressão, mas quem usa fala tão bem... não custa tentar, né.

Risonha, já estou indo bater à sua porta!

Dani, suas receitas são ótimas, combinam duas coisas que eu amo, na cozinha - praticidade e sabor.

Ci, hoje em dia as panelas de pressão parecem, mesmo, mais seguras do que aquelas que as nossas mães usavam... lá na casa da minha mãe, era só começar o chiado que eu sumia da cozinha.

Akemi, eu adorei o lagarto, nunca tinha feito em casa! Aliás, uma coisa me impressionou nessa experiência. Eu já tinha lido que o lagarto não era uma carne de bom rendimento, mas me espantei quando vi o bichinho todo encolhido, ao final do cozimento :-P Mesmo assim, farei outras vezes!

Ka, eu sou cheia de covardias na cozinha... tem essa, da panela de pressão, tem a das claras em neve (ainda não consegui fazer uma receita que dê certo com elas), tem o medo da caramelização da fôrma de pudim... quero ver se consigo perdê-las de uma vez neste ano! Olha, se eu tivesse uma super panela que nem a sua, também levaria ela na mudança!

Beijos, queridas!

Lílian disse...

Oi Letrícia
Vi que no site da Clock há receitas inusitadas, como eles denominam. Boa sorte
http://www.clock.com.br/receitas/inusitadas.asp

Letrícia disse...

Lílian, obrigada! Já salvei várias receitas aqui no meu computador!

Beijos!

Blog do Sergião disse...

Faço um osso buco na panela de pressão, receita do meu pai, fica sensacional!!!

Printfriendly