Pão de aveia

quinta-feira, 17 de janeiro de 2008

Com o pretexto de ter um pão de forma para fazer o sanduíche de ovo da Cinara, resolvi testar uma receita do caderninho velho da minha mãe. E adorei! Fiquei encantada com o tanto que não dá trabalho (normalmente faço um monte de pãezinhos de 50g e a moldagem às vezes dá nos nervos).

Pão de aveia

Ingredientes:

1 tablete de fermento de pão (usei 3g de fermento biológico seco instantâneo)
50 ml de água morna
225 ml de leite fervente
2 colheres (sopa) de margarina ou manteiga (usei manteiga)
1 ½ colher (sopa) de mel
1 ¼ colher (chá) de sal
3 xícaras de farinha de trigo (não quer dizer que você vá usar tudo – eu usei cerca de 2 xícaras)
1 xícara de aveia em flocos

Modo de preparo:

Dissolva o fermento na água morna. Em uma tigela, misture a manteiga, o mel, o sal e o leite quente até tudo ficar dissolvido. Deixe amornar e, em seguida, junte uma xícara de farinha de trigo e misture até incorporar. Adicione o líquido fermentado e a aveia e misture novamente. Acrescente aos poucos o resto da farinha e misture com as mãos até obter uma massa macia (lembre-se: você não necessariamente usará toda a farinha de trigo).

Transfira a massa à sua superfície de trabalho enfarinhada e sove até que ela fique elástica e lisa (bom, tão lisa quanto a aveia permitir). Forme uma bola com ela e disponha-a em uma tigela untada. Vire-a dentro da tigela para que o óleo se distribua em toda a sua superfície. Cubra com um filme plástico e deixe crescer até dobrar de volume.

Dobrou de volume? Então abaixe a massa dando-lhe uns apertões e deixe que ela descanse por 10 minutos. Leve-a novamente para a superfície de trabalho e abra-a em um retângulo de uns 37 cm X 22 cm*. Enrole-a pelo lado mais curto e aperte as pontas. Acomode-a em uma forma de bolo inglês (26 cm X 12 cm), untada e enfarinhada, e deixe crescer novamente por uns 45 minutos.

Asse em forno preaquecido a 180°C por aproximadamente 40 minutos (para mim, 30 minutos bastaram). Deixe esfriar bastante em uma grade antes de guardar para não dar bolor.

*Adorei essa precisão de centímetros da receita da mamãe. Não são 40 nem 35 cm - são 37. Tampouco são 20 cm - são 22, faça o favor.

23 comentários:

Laurinha disse...

Lá vou eu defender a sua mãe...

Vc abriu no tamanho que ela sugeriu? Deu certo? Então é porquê ela tem razão. Pronto! Ponto!
Mãe sempre tem razão (well, não, mas não vem ao caso)!

Anotada!

Beijinhos,

Karen disse...

Gostei muito desta receita e o pão de abóbora também está lindo!

Goreti disse...

Fecho com a Laurinha, nem sempre a gente quer acreditar, mas mãe quase sempre tem razão, digo quase, porque sou m~e e nem sempre acerto, então....E o pão ficou perfeito, coisas de mãe e de filha....Beijos!!!

Marizé disse...

Esse pão está mesmo a pedir umas sanduiches, está lindo e deve ser uma delicia.

Beijocas

Lucia disse...

Parece delicioso, já anotei para testar. Estou inaugurando meu blog hoje e já postei uma receitinha. Aguardo sua visita.
Abraços.

kini disse...

Hum...já estou a imaginar as sandes que vou fazer com este pãozinho...rsss!!!!!
Bjs

winnie disse...

Gostei desse pão, lá vai para a lista a fazer.

Letrícia disse...

Tá bom, Laurinha, eu me rendo! Não cheguei a medir com régua a massa do pão, mas deve ter chegado muito perto da medida recomendada pela mamãe...

Karen, obrigada! Eu tenho tantos pães seus na fila das receitas a experimentar...

Goreti, minha mãe está cada vez mais sábia... não dá para não dar ouvidos ao que ela diz! :-)

Marizé, o pão é tão bom... pena que já está acabando (achei que comeria o bicho sozinho, mas arranjei um sócio banguela...)

Lucia, bem-vinda! Já vou lá visitar o seu blog!

Kini, esse pãozinho é ótimo para sanduíches, não deixe de provar!

Ana, minha listinha de receitas a fazer é quilométrica... e fica cada dia maior, hehe.

Beijos!

Patricia Scarpin disse...

Que macio, Lê! Parece delicioso...

Mucha disse...

Um dia destes vou experimentar fazer um pão. Já guardei esta receita pra ser a minha estreia. Com esse aspecto... hmmmm

Letrícia disse...

Obrigada, Patrícia! :-)

Oba, Mucha, já estou na torcida para que o seu primeiro pão seja um sucesso! Só tome cuidado, que o cheiro do fermento vicia. Você logo vai querer fazer pão toda hora ;-)

Beijos, meninas!

Marcia disse...

Le, seu pão está maravilhoso! Com uma manteiga salgadinha, não ia sobrar nada aqui em casa. Bjs

Letrícia disse...

Márcia, obrigada! Aqui em casa esse pão costuma desaparecer - faço achando que vai durar uma semana e ele não passa de 3 dias ;-)

Beijos!

Cristina disse...

Oi!meu nome é Cris e não tenho blog,mas adoro visitar o seu e outros tantos...adorei o aspecto do pão e testei a receita,mas foi preciso bem mais farinha do que pede a receita...usei um copo de medidas para os líquidos,portanto não foi aí que errei...usei aveia de flocos finos...será que foi isso? o resultado foi razoável,mas meio pesado em vista do trigo à mais...tentarei novamente...abraços

Letrícia disse...

Oi, Cris! Pode ter sido isso, mesmo - eu usei a aveia em flocos normal. De qualquer forma, você pode fazer de novo diminuindo um pouquinho a quantidade de líquidos. Às vezes é necessário, dependendo das condições de temperatura e pressão de onde você vive (precisa ver como isso influencia).

Beijos!

Danuxa disse...

Letrícia,

Fiz sua receita exatamente como diz, mas minha massa não cresce! Já está há umas 4h descansando, mas não aumentou nem um pouquinho... =///
O que eu faço?? Asso-a assim mesmo ou espero mais?

=~~~~~

Ah, mto bom o blog! ;D

Letrícia disse...

Danuxa, se você estiver em um lugar frio, o pão pode demorar, mesmo, para crescer. O ideal é deixá-lo descansar em um local quentinho e protegido de correntes de ar (eu costumo deixar minhas massas dentro do microondas desligado).

Mas eu também suspeitaria do fermento. Da próxima vez, dissolva o mel e o fermento na água morna (não pode ser fria, pois ele não 'acorda', nem quente, pois ele morre). Deixe essa mistura descansar até o fermento agir. Você saberá que isso aconteceu quando se formar uma espuma sobre a água.

Ah, e deixe a mistura de leite com manteiga e sal amornar bem para não matar o fermento.

Espero que da próxima vez dê certo...

Abraços!

Danuxa disse...

Brigada pelas dicas, Letrícia! Tá tudo anotadinho aqui para minha próxima vez com pão! :}}}

E, por falar nisso, ontem foi a minha primeira experiência com massas. Um pouco frustrante, mas eu sou brasileira, não desisto fácil! hauahuahauahu

Então, eu queria uma dica sua de receita mais simples. Eu queria mesmo era essa de aveia, porque gosto muito de pães integrais, mas tô meio traumatizada. Voce pode me ajudar com algo mais fácil, para principiantes? De preferência com aveia, claro! =PPP

Brigadinha e té mais.

Abraços,

Daniella.

Letrícia disse...

Daniella, tenho uma idéia: me passe o seu e-mail que eu te mando uma receita mais simples e bem explicadinha, com dicas pra quem está começando a lidar com esse bichinho temperamental que é o pão ;-)

Beijos!

Danuxa disse...

Aiiiii, Leti! [modo intimidade on] hauahuahua

genial sua idéia. meu e-mail é daniella_pontes@hotmail.com

brigada pelo apoio, moça!

:***

Danuxa disse...

Desculpa incomodar mais uma vez, Letrícia. É q amanhã é feriado aqui onde eu moro [Maceió-AL] e eu tava pensando em me aventurar no mundo dos pães mais uma vez, mas tô com medo de fazer a mesma receita e me frustrar de novo.
Enfim, tô agurdando seu e-mail com uma receitinha fácil!

Boa semana! :}}

Beijos,

Daniella.

mkt.kerr disse...

Olá, eu não pude esperar para comentar depois..acabei de fazer a receita do pão- inclusive, ótimas explicações-, mas eu coloquei 4 xícaras de farinha porque estava muito mole a massa..bom..espero que não tenha arruinado com sua receita..rs. Quando estiver pronto eu posto outro comentário!

Beijos!

Nanda disse...

Menina, e não é que ficou bom..?rsrs
Mesmo com minhas alterações de farinha de trigo..ufa!
Queria te mandar a foto para você ver como ficou, tem como?
Valeu pela receita, uma delíícia!!hummm..

Abraços!!
Nanda.

Printfriendly