Pão de banana do capoeirão

quarta-feira, 11 de junho de 2008

Todo mundo que tem um blog de culinária um dia na vida vai fazer um post falando sobre bananas que precisavam ser usadas urgentemente. Este deve ser o meu segundo ou terceiro. Pois bem, eu tinha umas bananas já cruzando o Cabo da Boa Esperança e precisava usá-las de qualquer jeito.

Quem me socorreu foi uma receita copiada de um caderno da mamãe que, por sua vez, a copiou de um livro de receitas da Tia Nastácia (aquela personagem dos livros de Monteiro Lobato). Felizmente, ao contrário da D. Benta, a Tia Nastácia é bem mais precisa com as medidas. Fiz algumas poucas adaptações e transcrevo a receita abaixo.

Pão de banana

Ingredientes:


3 bananas grandes (usei 5 bananas prata beeem maduras)
2 ovos
3 colheres (sopa) de manteiga amolecida (usei manteiga com sal para dar uma equilibrada na doçura do bolo)
180g de açúcar
300g de farinha de trigo
1 colher (chá) de fermento em pó
1 colher (chá) de bicarbonato de sódio

Modo de preparo:

Unte com manteiga ou margarina uma forma de bolo inglês com 12x23cm. Polvilhe com farinha (ou faça como eu e polvilhe com canela). Aqueça o forno a 180ºC.

Em uma tigela, amasse as bananas com um garfo. Sempre misturando com o garfo, adicione os ovos, a manteiga e o açúcar. Aos poucos, acrescente a farinha de trigo, o fermento e o bicarbonato (peneirei todos os ingredientes secos juntos e misturei-os antes de incorporar à massa). Misture muito bem e passe para a forma reservada.

Leve ao forno por mais ou menos 30 minutos para assar e corar (faça o teste do palito para ter certeza, no meu forno demorou mais tempo do que isso).

Retire do forno, aguarde um tempinho até esfriar e desenforme em um prato.

Observação importante:

Gente, eu preciso confessar. Fiz esse pão dois dias depois do meu aniversário (22 de maio). Minha casa estava cheia de guloseimas e eu preferi congelá-lo inteiro - sem provar! Shame on me. Mas experimentei a massa crua e estava uma delícia. Assim que eu prová-lo, faço um update.

Update:


Gente, que bom que é! É muito fofinho, tem boa umidade e um sabor bem pronunciado de banana. Não é muito doce. A dica de polvilhar a forma com a canela vale a pena, vão por mim. Ah, e passou no crivo da Gabriela, uma exigente mocinha de 1 ano e 9 meses, filha de uma amiga.

Pão de banana cortado

16 comentários:

Laurinha disse...

Adoro pão de banana....o seu ficou lindo!
Sabem eu também congelo os bolos... senão, acabo com eles rapidinho! ;P
Beijinhos,

Flavinha disse...

Pela cara do bolo e pela receita parece que as bananas foram muito bem aproveitadas, mas fico aguardando a sua prova! Hehehe...
Confesso que ainda não postei sobre as bananas que precisavam ser utilisadas com urgência, mas já passei pela situação, claro!

Parabéns atrasado!!!

Beijinhos

ameixa seca disse...

Desde que fiz bolo de banana que virei fã de usar o fruto em receitas de ir ao forno ;) Este vai para a minha lista a fazer. É só estar atenta às ditas quando estiverem quase a passar o Cabo... que acabo com elas :) eh eh

Cris disse...

Ficou lindo mesmo, eu também adoro e você contou o segredo... as bananas que cruzam o cabo da boa esperança, hehehe. Bjs!

laila disse...

vc nao provou mas eu já gauredi sua receita..parece tão gostoso...bjs

risonha disse...

mesmo sem teres provado eu posso apostar que ficou delicioso.
eu por vezes também faço os pães e congelo inteiros ou metade, e quando chega a hora de descongelar estão sempre perfeitos.

Eliana Scaramal disse...

Ficou lindissimo!! Olha se puder me mande um email que quero falar uma coisinha contigo. hehehe

elianascaramal@gmail.com

Lili disse...

Letrícia,

Adorei o nome, adorei o blog. Obrigada pela visita e pelo comentário. Eu sem pão não sou ninguém, mas se eu tivesse um desses agora, seria alguém mais feliz!
bj

Letrícia disse...

Laurinha, gosto mesmo é de congelar muffins. Toda vez que bate uma vontadezinha de doces, é só tirar um do freezer e descongelar no microondas. Fica uma delícia.

Flavinha, há de chegar o seu dia de postar receitas com bananas ;-)

Ameixa, eu amo receitas de forno com bananas. Pena que preciso comê-las sozinha (o hômi não come nada feito com bananas, a não ser as frutas, mesmo).

Cris, obrigada! Bananas são terríveis, amadurecem todas ao mesmo tempo e deixam a gente doida atrás de receitas que possam aproveitá-las.

Laila, parece mesmo. Eu ainda não provei, acredita? (estou guardando o pão para um chá da tarde que acontecerá daqui a uma semana).

Risonha, depois que aprendi esse truque de congelar bolos e pães posso fazê-los sem medo de estragarem!

Eliana, obrigada! Já estou ansiosa para que julho chegue logo!

Lili, que bom que você gostou! Também não vivo sem pão. Pode ser integral, doce, recheado... do jeito que vier, eu 'traço'!

Beijos, queridas!

Agdah disse...

Morri de rir da confissão.

Luciana Macêdo disse...

Aqui em casa não dá tempo de congelar e se for de banana então...
O pão ficou muito apetitoso e com certeza muito gostoso.
Bjs!

claudia disse...

A mim parece-me que ele deve estar muito bom!

Fabrícia disse...

Adorei a receitinha da Tia Nastácia.....pena não comer banana.
Bjs.

Akemi disse...

Meus parabéns atrasado pelo aniversário, ´Letrícia! E bolo de bananas, acho que não tem quem não resista! Nunca congelei bolos! Mais uma que aprendi aqui! Obrigada pela dica! Bjs

Goreti disse...

Le, banana quase virando o cabo da boa esperança, é o melhor da festa!!!

Beijos!!!

Letrícia disse...

Agdá, finalmente me redimi e postei o que achei do pão de banana ;-)

Luciana, ele realmente é gostoso! Aqui em casa, preciso congelar tudo que faço com banana, pois tenho que comer sozinha :-s

Cláudia, agora que eu já provei, posso dizer que estava, mesmo, muito bom.

Fabrícia, é verdade, você não gosta de bananas...

Akemi, obrigada! Como a maior parte do tempo eu não tenho quem me ajude a comer bolo, costumo congelar os que não têm cobertura ou recheio especial.

Goreti, vira-e-mexe, alguma banana tenta cruzar o Cabo da Boa Esperança aqui em casa...

Beijos, queridas!

Printfriendly