Pudim de maria-mole

quarta-feira, 30 de julho de 2008

Eu amo sobremesas – pudim, então... O problema é que, como quase não faço sobremesas em casa (porque terei de comê-las e engordá-las sozinha), não tenho o menor traquejo. Apanho vergonhosamente até de mousse de maracujá.

Felizmente, há receitas simples e suficientemente fáceis para que eu não as estrague. Como a desse pudim, que a Eliana publicou em seu cantinho.

O pudim é muito gostosinho. Como o sabor é suave, dá para casá-lo com calda de ameixa, geléia diluída ou coulis de frutas. Valeu, Lica!

Pudim de maria-mole

Receita da Eliana, do Sabores da Lica


Ingredientes:


1 lata de leite condensado
1 lata de creme de leite gelado (esqueci de levar para gelar)
1 xícara de água fervente
1 xícara de leite
1 pacote de pó para maria-mole

Modo de preparo:

Dissolva o pó para maria-mole na água fervente, mexendo bem. Deixe esfriar um pouco e leve ao liquidificador juntamente com os demais ingredientes. Bata até obter uma mistura homogênea e despeje em uma fôrma de pudim levemente untada com óleo. Leve à geladeira por 24 horas.

Para desenformar o pudim, mergulhe rapidamente a fôrma em água quente (fica bem mais fácil). Faça a calda de sua preferência, despeje sobre o pudim desenformado e bom apetite!

15 comentários:

Flávia disse...

Olá Letrícia

Eu sempre faço esse pudim que aprendi com a Lica. Fica realmente muito gostoso e em casa é um sucesso. Vou comprar maia mole com outros sabores e cores pra ver como fica, depois te conto.
Ontem li seu blog todinho e adorei.
Vc escreve muito bem, suas fotos são deliciosas, dá vontade de fazer tudo.
Parabéns, visitarei sempre esse cantinho :o)
Beijokas

Witchie disse...

Oi Letrícia! Quero muito fazer esse pudim, já provei e sei que é leve e delicioso. Mas por aqui não encontro pó de maria mole... Dá para substituir por gelatina incolor? O pó é para dar consistência ou também dá sabor? Se for só para garantir a consistência eu acho que a gelatina deve resolver, não?

Obrigada *
Beijo *
Mariana
(Caos na Cozinha)

Lílian disse...

Lindíssima a foto! Eu tb não vivo sem sobremesas...
Mas você tirou a águinha do creme de leite?
Tks : )

Leila disse...

Minha mae fazia seguido esse pudim. fiquei com vontade de provar novamente.
beijinhos

Eliana Scaramal disse...

Letícia fiquei me achando agora, ao ver uma receita lá do meu cantinho por aqui, e ficou tão lindo em?! Obrigada pelo carinho!

Gourmandise disse...

Esta receita foi umas das primeiras que fiz de pudim na vida!
Aprendi com a minha ex-costureira (que agora está velhinha). O nome era pudim de Cinco.
Havia me esquecido dele! Saudades...
bjo,
Nina.

ameixa seca disse...

Desconhecia maria-mole. Fui pesquisar ;)
O pudim deve ser óptimo...

Téia disse...

Menina do céu, este pudim é muito bom. Uma amiga fez uma vez em um churrasco e passei até vergonha de tanto comer.

Visito você sempre,adoro suas receitas, e acho muito legal você morar na mesma cidade que eu. Agora já conheço a Luciana, a Mari e você que têm blog aqui no Planalto.

Eu também resolvi entrar para o mundo blog, tô começando, mas já estou adorando.

Se puder me faz uma visitinha: banqueteselanchinhos.blogspot.com

Beijão.

Luciana Macêdo disse...

Aaqui em casa as sobremesas "secam" na geladeira, só as que "parecem" sorvete é que fazem sucesso.
Vou fazer para o meu pai, ele adoror pudins.
Bjs!

Letrícia disse...

Obrigada pela visita e pelos elogios, Flávia! Tô toda prosa :-)

Mariana, o pó para maria-mole dá um saborzinho de coco... acho que não dá para substituir, não.

Lílian, tenho a impressão de que não precisa tirar o soro, não. Eu usei creme de leite desnatado, que nem tem soro...

Leila, eu não poderia ser sua irmã - já pensou, ter uma mãe fazendo esse pudim sempre? Eu nunca mais veria os meus pés ;-)

Eliana, eu adoro as suas receitas, tem um monte que eu quero fazer :-)

Nina, esse pudim tem gosto de lembrança boa para mim, também.

Ameixa, nem tinha me ocorrido que a maria-mole poderia ser uma ilustre desconhecida aí em Portugal :-P

Téia, bem-vinda! Que bom, a comunidade dos blogs de comida de Brasília está aumentando :-)

Luciana, faça sim! É tão gostosinho...

Beijos, meninas!

Witchie disse...

Letrícia, mesmo assim vou experimentar! Vou fazer com meia chávena de leite normal e meia de leite de côco, para compensar a falta do côco do pó de maria mole. Depois eu conto!

Beijo *
Mariana
(Caos na Cozinha)

Unknown disse...

Oi Eliane esse pudim estraga sem tirar fora da geladeira queria fazer ele pra vender no pote mais to com dúvidas??

Letrícia disse...

Oi, unknown, acho que o pudim de maria-mole precisa obrigatoriamente ficar na geladeira, mas não sou a autora da receita, apenas a executei. O blog da Eliana é o Feijão no Prato: http://feijaonoprato.com/. Quem sabe ela possa ajudar você!

Eloisa Pereira disse...

Oi Eliane esse pudim estraga sem tirar fora da geladeira queria fazer ele pra vender no pote mais to com dúvidas??

Letrícia disse...

Eloisa, a Eliana não recebe notificação da sua mensagem porque o blog não é dela... Tente falar com ela no Feijão no Prato, www.feijaonoprato.com, ela é um amor e manja dos paranauês de cozinha como poucas.

Abraços e boa sorte com as vendas!

Printfriendly