Um bolo de aniversário (para alguém) muito especial

sexta-feira, 22 de agosto de 2008

Bolo integral de cenoura, coco e amêndoas

Este bolo não tem cobertura, recheio, confeitos. Tem quantidade de açúcar reduzida. Mas, ainda assim, é um bolo de aniversário.

É que o aniversariante em questão é o meu pai, um mocinho de 64 anos que cuida bem da saúde, tem barriga sequinha e corre três vezes por semana. Que come cereais integrais e muitas verduras, legumes e frutas. Que não vê muita graça em doces ou em alimentos ricos em gordura (mas que não dispensa um pedacinho de bolo no café da manhã). Meu ideal de vida saudável ;-)

Não pretendo aqui escrever uma homenagem a ele. Até porque qualquer homenagem é pequena diante de tudo que ele significa para mim – meu herói, meu exemplo, meu tudo. Só deixarei registrado um comentário enciumado e divertido que minha mãe costuma fazer quando me vê agarrada nele: “Você é o homem mais esperto do mundo! Fez uma mulher só para te dar amor incondicional!”.

Ah, antes que eu me esqueça, essa receita foi adaptada de uma publicada pela Anette, do Freak Veggie!

Bolo integral de cenoura, coco e amêndoas

Ingredientes:

3 cenouras médias, cruas e cortadas em rodelas
¾ de xícara de açúcar mascavo (adicione mais, se quiser – meu pai é que não gosta de doces muitos doces)
½ xícara de óleo de canola
3 ovos
½ xícara de coco ralado seco, hidratado em ¼ de xícara de água de coco
½ xícara de amêndoas picadas
1 xícara de farinha de trigo
1 xícara de farinha de trigo integral
1 colher (sobremesa) de fermento
1 colher (chá) de canela em pó, mais um pouquinho para polvilhar no bolo

Modo de preparo:

Ligue o forno a 180ºC e unte uma forma de bolo inglês com manteiga, polvilhando-a com farinha de trigo.

No liquidificador, bata o açúcar mascavo, as cenouras, o óleo e os ovos até obter uma mistura homogênea. Reserve.

Em uma tigela, misture as farinhas, o fermento e a canela. Despeje o conteúdo do liquidificador nela e misture bem com uma colher de pau. Acrescente então as castanhas e o coco e misture mais um pouco.

Deite a massa na forma e polvilhe um pouquinho de canela. Leve ao forno por 45 minutos ou até que o bolo passe no teste do palito.

Novamente, devo lembrar que o meu forno é esquisito, por isso, fique de olho no bolo a partir dos 25 minutos.

11 comentários:

Lílian disse...

Que bacana!

Você sabe como emocionar as pessoas...

Eliana Scaramal disse...

Amei o seu post querida! Parabéns pra ele, e que ele seja sempre abençoado por Deus!

Gourmandise disse...

Já mostrou este post ao papai?
bjoca

risonha disse...

acho bem zelar pela saúde e boa forma do pai... parabéns para ele.
e o bolo tem aspecto de ser muito bom.

Glau disse...

caiu um cisco no meu olho...
lindo seu post!

bjo Glau

ameixa seca disse...

Muitos parabéns ao teu pai :) É mesmo um exemplo de vida e hábitos saudáveis... eu sou fã dos produtos integrais e os bolos não perdem a característica deliciosa e doce que têm :)

Téia disse...

Le, pai é realmente a melhor coisa do mundo. Infelizamente, Deus levou o meu ainda novo, morro de saudades dele, mas o tempo que passamos juntos valeu muito. Aproveite o seu lindinha, do jeito que ele vive, vai aproveitá-lo no mínimo mais 30 anos. Parabéns a ele, muita saúde e alegrias. Este presente é perfeito (tanto o bolo como o lindo texto). Ele merece. Bj querida.

Patricia Scarpin disse...

Lê, que lindo post!
Seu pai é mesmo motivo de orgulho e inspiração, parabéns a ele!

Agdah disse...

Como é esperto o Sr. Seu Pai...

Mari Rezende disse...

Lê, parabéns para o seu paizão!
Esse bolo ficou um espetáculo! Adolo comida natural, integral... Ele ficou com uma cara ótima!

Beijinhos!

Letrícia disse...

Lílian, obrigada!

Eliana, amém :-)

Nina, ainda não (shame on me). Mas levei bolo e cartãozinho pra ele no dia!

Risonha, por mim, ele poderia ser um pouquinho mais doce. Mas meu pai achou que estava no ponto.

Glau, obrigada! Quando eu escrevia, caíam uns ciscos no meu olho, também ;-)

Ameixa, obrigada! Meu pai é tudo isso, sim :-)

Ô, Teia, sinto muito por você :-( Tenho certeza de que ele olha sempre pela filha querida e que se orgulha muito dela.

Ô, Pat, obrigada!

Agdá, é espertíssimo ;-)

Mari, obrigada! O bolo é bem gostoso, mas como eu comentei com a Risonha, podia ter 1/4 de xícara a mais de açúcar mascavo...

Beijos, queridas!

Printfriendly