O nabo da discórdia

sexta-feira, 14 de maio de 2010

Foto de ludouke, publicada no Flickr sob uma licença CC

Há quem diga que eu seja uma descendente de japoneses meio fajuta porque não gosto de ozoni nem manju. Mas se existe algo que eu adoro, é conserva de daikon, aquele nabo branco e comprido.

Já cheguei a preparar aquela conserva mais elaborada, que leva anilina cor-de-rosa, saquê e açúcar (fica lindinha). Mas, ultimamente, tenho optado por fazer algo mais simples: simplesmente corto o nabo em rodelas de 1 mm e tempero com sal e vinagre (ou suco de limão). O nabo fica maleável, sem perder a crocância.

O problema é que a conserva fica com aquele cheirinho... peculiar. E quando eu a preparo, ouço lamentos cada vez que se abre a porta da geladeira. Como não posso abrir mão nem do marido, nem do nabo, resolvi preparar pequenas quantidades, pra comer imediatamente. Não é tão bom quanto o nabo geladinho e já curtido, mas paciência.

E na sua casa, há alguma comidinha que você prepara que ninguém mais aprecia?

8 comentários:

Pepa disse...

Lingua !! Tem um sabor delicioso, a aparência dela no super é "éca", mas depois de preparada fica uma delícia, só que se fizer aqui em casa e contar o que é, o povo torce o nariz, então uso a máxima, o que os olhos não vêem..., mas também não tem nenhum cheiro caracteristico então fica mais fácil. Ao contrário de vc, amo manju, mas nunca experimentei esse nabo, mas tb nem sou oriental né, rsrsr.
bjus

Gina disse...

Essa foi boa, Letrícia! Não gosto do cheiro do nabo. Fiz um curso de carving (escultura em legumes e frutas) e usávamos muito nabo. Depois, o cheiro ficava na mão, mesmo depois de lavar bem...
Manju eu gosto e não sou descendente de japoneses.
Tem pratos que acabo não fazendo ou preparando uma porção pequena, por2que só eu gosto. Por ex.: pão de mel. Alguns temperos tenho que usar com muitíssima parcimônia, como noz-moscada, curry, páprica..., caso contrário, minha turminha percebe.
Bom final de semana!

Mangia disse...

Eu amo Creme de Milho Verde...mas fazer só para uma pessoa é dose...filhote ainda não curte cremes, apesar de amar milho na espiga ou refogadinho...e marido não curte a textura do creme, diz que acha também meio doce...
Uma pena, adoro mesmo!
Beijos!

amf disse...

Tenho natto no freezer, mas ninguém mais gosta...

Akemi disse...

Amo nishime, mas o Luiz não. Nem me atrevo a fazer em casa porque por mais que coloque um pouco de cada, a panelada fica grande. Tenho que esperar quando vou visitar a sogra ou na casa de algum outro parente...

Jana disse...

Acredite se quiser, feijão, farofa e coracao de galinha... Mas é bom que sobra mais pra mim :D

Jana disse...

Acredite se quiser, feijão, farofa e coracao de galinha... Mas é bom que sobra mais pra mim :D

Téia disse...

KKK, Vizinha, o Miltão só não come fígado de boi, o resto, não tem problema nenhum. Em compensação, se um dia eu fizer, ele nem entra em casa, radical não? E sabe o que é mais engraçado, meu irmão é igualzinho, como tudo, tudo, menos fígado. É mole??? Bjka querida.

Printfriendly