Batatinha, quando sobra, vira pão na minha mão

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Ok, eu sei, esse título foi péssimo. Prometo melhorar numa próxima oportunidade.

No dia em que preparei costelinhas ao molho barbecue, decidi acompanhá-las com umas batatas divinas que vi no blog da Karen, cortadas em rodelas mais finas, gratinadas com creme de leite fresco e queijo (eu usei queijo do reino e parmesão). Ficam deliciosas.

Batatas gratinadas com queijo

O problema é que eu sou exagerada e acabei fazendo mais batatas do que daríamos conta de comer. Para que elas não se transformassem numa sobra interminável, decidi dar um fim bem digno a elas: transformei-as em pão!

Pão de batatas gratinadas

Enquanto preparava o pão, anotei as quantidades dos ingredientes, mas como ainda não repeti a receita, não tenho certeza se dá certo ou se foi sorte de principiante. Assim, deixarei azamigas com a inspiração.

4 comentários:

gasparzinha disse...

Letrícia, resulta mesmo, eu cá em casa tb lhes dou o mesmo fim. E o pão fica bem fofinho, uma delícia.
Tb dá para usar sobras de legumes como cenoura, abóbora...
Beijinhos

Karen disse...

Que ideia ótima! Se bem que batatas não costumam sobrar por aqui... rs

Bianca Moraes disse...

Aaaah! Adoooro pão de batata! Já estou esperando ansiosamente por essa receita!! :D

O que acho incrível desses pães é que a gente fica, como disse a Bella, muuito repleto depois de comer! É uma refeição, quase! ^^

Beijinhos!

ameixa seca disse...

Pois eu adorei o título he he Adorei o pão, muito lindo!

Printfriendly