Pão de flocos de amaranto

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Não é segredo para ninguém que o hômi não é um grande fã de alimentos integrais. Para tentar fazê-lo comer um pouquinho melhor, procuro introduzir em todos os pães que preparo um tantico de farelos, de cereais em flocos, de farinhas integrais. Este pão, que leva amaranto em flocos e um pouco de farinha de trigo integral, ele tolera bem. Já fiz algumas vezes e ele come com uma expressão tranquila, sem suspiros de enfado ou cara de choro. E, gente, vindo dele, isso é MUITA COISA.

Nesta receita, inventei moda e testei algo que havia visto num livro de receitas de pães para panificadoras caseiras: usar vitamina C na massa. Segundo tenho lido por aí, a vitamina C ajuda o fermento a trabalhar melhor, principalmente em massas que levam farinhas integrais. Além disso, ela age como um conservante, impedindo a formação de mofo e bactérias. O livro que consultei sugeriu usar 1 comprimido de 250 mg de vitamina C - eu usei 1/4 de um comprimido de 1000 mg. Ah, não era dessas vitaminas efervescentes, não.

Por enquanto, ainda não acertei fazer um exemplar bonito deste pão - não sei se estou sem paciência para modelá-los ou se há algo no processo que não está bem azeitado. Mas, até agora, todos ficam bem gostosos, com casca crocante e miolo macio e leve.

Pão de flocos de amaranto

Ingredientes:

100 g de farinha de trigo integral
50 g de flocos de amaranto
350 g de farinha de trigo comum
1/4 de comprimido de vitamina C de 1000 mg
1 colher (sopa) de açúcar mascavo
1 colher (chá) de sal
1 colher (chá) de fermento biológico seco instantâneo
300 ml de água morna
Óleo vegetal para untar a tigela onde o pão crescerá (eu usei óleo de castanha-do-pará)

Modo de preparo:

Numa tigela, una todos os ingredientes secos e misture bem. Sobre essa mistura, despeje a água morna. Mexa a massa com as mãos ou com uma colher de pau até que ela esteja em condição de ser transferida a uma superfície de trabalho bem limpa.

Feito isso, trabalhe a massa com as mãos até que ela fique lisa e elástica. Não é necessário acrescentar mais farinha (pelo menos, não foi necessário aqui em casa, mas eu moro no deserto. Se você morar em um lugar com condições normais de umidade e sentir necessidade, acrescente um pouco - bem pouco - de farinha de trigo comum).

Modele a massa como uma bola a transfira-a para uma tigela untada com óleo vegetal. Role-a dentro da tigela até que toda a sua superfície esteja untada. Deixe que ela cresça até dobrar de volume.

Passada essa etapa, ligue o forno a 180ºC e prepare uma assadeira média de bolo inglês untando-a e enfarinhando-a. Volte com a massa para a superfície de trabalho e aperte-a para extrair o gás que se acumulou. Modele-a e acomode-a na forma de bolo inglês. Deixe que ela cresça até passar da altura da assadeira.

Leve para assar até que o pão faça um barulho oco ao levar pancadinhas com os nós dos dedos. No meu forno, isso demorou 45 minutos, mais ou menos. Este pão não fica bronzeadinho, portanto, nariz atento na jogada.

Depois de tirar o pão do forno, deixe-o esfriar sobre uma grade. Coma e seja feliz e saudável :-)

4 comentários:

Luna disse...

Menina, fiquei louca por esse pão, tenho que testar esse negócio da vitamina C. :D Bj!

ameixa seca disse...

Não sabia disso da vitamina C. Interessante :) Eu adoro tudo que é integral.

Marly disse...

Oi, Letrícia,

Eu também tenho introduzido outras farinhas nos meus pães, para que eles resultem mais equilibrados, rsrs. Por falar nisso, fui descendo a página e vi o pão (lindo, por sinal) de semolina. Fiz um recentemente e a massa ficou maravilhosamente fofa, mas eu achei que o sabor ficou com um leve amargor residual, é assim mesmo? Eu desconhecia esta informação sobre a vitamina C, fiquei com vontade de testar a dica, rsrs. Por coincidência, estou com um brownie no forno, se tivesse visto antes a sua receita, teria feito ela.

Beijoca, bom resto de fim de semana e obrigada pelas palavras de solidariedade, com relação ao assunto do meu último post.

Ana disse...

Ficou com muito boa cara :)

Beijinhos

Printfriendly