Abobrinha com ervas e pimenta calabresa

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Todo mundo que já fez dieta para emagrecer ouviu este conselho: "não vá ao supermercado com fome para não correr o risco de levar para casa mais comida do que precisa". Eu não segui essa orientação em minha última compra. Foi só quando tentei acomodar os legumes na geladeira que percebi que havia exagerado na quantidade.

Aos poucos, arranjei uso para toda aquela legumada. Menos para as abobrinhas. AIAIAI, o que fazer com as abobrinhas? Revirei meus livros de receita e nada me satisfazia. Até que me lembrei de umas abobrinhas vistas há muito tempo. Resolvi fazer algo parecido, usando as ervas de que dispunha em casa.

Abobrinha com ervas

Como não medi direito os ingredientes (até porque não esperava que pudesse ficar tão bom), vou contar apenas como fiz. Cortei duas abobrinhas médias em rodelas finas (de 0,5 cm) e acomodei em uma vasilha grande. Nessa vasilha, juntei duas ou três colheres de sopa de azeite extra-virgem, sal e pimenta moídos na hora, tomilho e orégano secos e um tantico de pimenta calabresa. Envolvi as abobrinhas no tempero misturando delicadamente com as mãos.

Feito isso, dispus as abobrinhas em uma assadeira grande, previamente forrada com papel alumínio, formando fileiras de rodelinhas parcialmente sobrepostas. Levei ao forno preaquecido a 180ºC até que elas parecessem mais murchinhas e coradas.

De patinhos feios da geladeira, essas abobrinhas deliciosas passaram a rainhas das minhas refeições. Eu as comi de tudo quanto foi jeito: acompanhando refeições, numa salada morna, sobre torradinhas... e fiquei triste quando acabaram.

PS: Agdá, você faz muita falta.

2 comentários:

ameixa seca disse...

Sou fã de abobrinhas, ainda bem que exageraste nos legumes, podiam ser coisas menos saudáveis :) Queria saber o que aconteceu com a Agdá. Ás vezes dá medo pensar se algum ruim aconteceu com ela.

Dricka disse...

As abobrinhas ficaram muito apetitosas. Padeço do mal cronico de comprar mais legumes do que preciso, é nem posso colocar a desculpa em fazer compras com fome, o problema é que gosto muito e sempre exagero na compra, é uma delicia achar na net opções para fugir da mesmice do dia a dia.
Agora a Agdá realmente faz falta, mesmo que a dona da casa esteja ausente eu sempre estou por lá, revirando aquela cozinha que mesmo abandonada permanece perfumada.

Printfriendly