Bolo dos deuses

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Este bolo da foto (ou o que restou dele) foi feito por minha mãe, com a ajuda da minha irmã, no dia 31 de dezembro. Quando ela me contou ao telefone a lista de ingredientes, confesso que não achei muito promissor - tinha passas, nozes... era meio caminho andado para ser odiado por crianças e adultos.

O preparo foi cheio de emoção. A forma usada revelou-se pequena e o bolo fez uma porcaria danada no forno. Além disso, demorou muito mais do que o previsto para assar. Pra terminar, não desenformou nem com reza brava.

O pobrezinho foi à mesa na assadeira mesmo, todo desenxabido. Mas, na primeira fatia, os rostos ao seu redor se iluminaram de surpresa e contentamento - ele era realmente dos deuses. Foi uma forma divina de começar o ano.
 Bolo dos deuses
 Receita adaptada da Revista Bons Fluidos de setembro/2011 (autora: Monica Dajcz) 

Ingredientes: 

4 ovos separados
2 xícaras de açúcar
200 ml de mel
1 xícara de infusão de chá preto
Raspas de 1 limão
1 colher (chá) de fermento em pó
1/2 colher (chá) de bicarbonato de sódio
3 xícaras (chá) de farinha de trigo
1 maçã ralada
1/2 xícara de uva-passa clara
1/2 xícara de nozes picadas

Modo de preparo: 

A receita já contém todos os pulos do gato para ninguém ter contratempos como os da mamãe durante o preparo.

Ligue o forno a 180ºC. Unte e enfarinhe generosamente uma assadeira redonda de cerca de 28 cm de diâmetro. Por precaução, eu sugiro que você unte a assadeira, forre o fundo com papel manteiga, unte o papel e só então enfarinhe tudo. Uma forma de fundo removível também pode ser uma boa.

Quebre os ovos e separe as gemas da clara. Feito isso, misture as gemas com o açúcar e bata na batedeira até formar um creme claro e fofo. Acrescente então, de maneira intercalada, metade do óleo, do mel e do chá. Repita o procedimento, acrescentando também as raspas de limão, o fermento e o bicarbonato.

Adicione aos poucos a farinha, mexendo sempre, até formar uma massa homogênea. Neste ponto, some a maçã, as passas e as nozes, mexendo bem. Por fim, acrescente as claras em neve, envolvendo delicadamente.

Deite a massa na assadeira, gire-a sobre a bancada para que ela assente melhor na assadeira e leve ao forno até que o bolo passe no teste do palito. Deixe esfriar sbre uma grade antes de desenformar e servir.

5 comentários:

Marly disse...

Oi, Le,

Realmente, os bolos de frutas natalinos demoram uma 'eternidade' para assar, mas valem a pena, né? rsrs. Pelos ingredientes eu vi que esta é uma versão do velho e bom bolo de frutas de Natal, que é mesmo delicioso.

Beijoca e boa semana!

Letrícia disse...

Marly, ainda bem que a espera é compensada, né? Beijo!

Valentina disse...

Ah menina, mas nao é show quando isso acontece? Quando somos completamente pegos de supresa. Quando nossas papilas gustativas nos mandam lindas mensagens. De felicidade.

Cristina disse...

Aqui vale o ditado "as aparências enganam!"...rs...
Adoro bolos com passas e mel, receita anotada!!
bj...

Letrícia disse...

Valentina, é como ganhar um presente :-)

Pois é, Cristina! Imagine se minha mãe tivesse se deixado abalar pelos olhares tortos para a receita que havia escolhido...

Beijos!

Printfriendly