Tarte Tatin

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Acho que já provei que não sou tão má assim e nem tenho vontade de comer vocês, né. Então, voltemos à programação normal deste blog ;-)

De todas as participações no Desafio Dorie às Sextas, essa foi a que mais me preocupou. Por envolver açúcar em ponto de caramelo, que é algo que me apavora; por usar massa folhada, um ingrediente até então desconhecido; por toda a mística que envolve a receita. Estava tão receosa ao prepará-la que nem tive coragem de inventar o que quer que fosse - segui a receita à risca.

No fim das contas, achei bem mais simples de preparar do que eu imaginava. Desenformar foi tão rápido e fácil que eu nem acreditei. Além disso, estava apreensiva por ter comprado uma massa folhada que vinha em lâminas soltas, mas bastou apertar com cuidado as bordas das lâminas umas sobre as outras para conseguir um formato mais ou menos de acordo com o desejado. 

Dito tudo isso, esta foi a primeira receita da Dorie que eu não achei incrivelmente boa. Não estou dizendo que é ruim - pelo contrário. A massa crocante, as maçãs macias, o caramelo, tudo é bom. Mas achei doce demais e... plana, se é que me faço entender. Falta alguma coisa - talvez um toque salgado, um pouco de acidez, um leve amargor. Não sei ao certo. Agora que já sei que não estou diante de um bicho de sete cabeças, quero experimentar variações.

Apesar disso, gostei demais de ter participado deste desafio. A emoção de desenformar a torta me fez voltar a ser a menininha curiosa que, virando e mexendo entre panelas e assadeiras, um dia se descobriu cozinhando de verdade. E como é doce o gosto dessa descoberta :-)

Tarte tatin
Receita adaptada daqui

Ingredientes:

227g de massa folhada fresca, resfriada
110g de manteiga sem sal
3/4 de xícara de açúcar
8 maçãs doces e firmes, como fuji, gala ou golden delicious, descascadas, sem miolo e cortadas em quartos


Além disso, você precisará de:
1 frigideira de 23 a 25 cm que possa ir ao forno
1 assadeira forrada com papel manteiga ou silpat para acomodar a massa folhada
1 prato para tortas com bordas (é preciso que seja maior do que a frigideira)

Modo de preparo:

Preaqueça o forno a 190ºC. Numa superfície levemente enfarinhada, abra a massa folhada até que ela fique com cerca de 3 mm de espessura. Com uma faquinha, corte-a em formato de círculo com diâmetro cerca de 2,5 cm maior do que a frigideira. Acomode a massa na assadeira preparada, espete sua superfície com um garfo e leve à geladeira até a hora de usá-la.

Como minha massa já veio com a espessura certa, mas em retângulos pequenos, eu enfarinhei levemente uma assadeira média de pizza e fui acomodando as folhas de massa, sobrepondo-as levemente e fazendo pressão nas sobreposições para que elas emendassem. Enfarinhei um pouco as mãos para não grudar na massa. Feito isso, coloquei a massa na geladeira e dei sequência à receita.

Leve a frigideira ao fogo médio e adicione a manteiga. Quando derreter, gire a frigideira de modo a cobrir toda a sua superfície com manteiga. Peneire o açúcar sobre a manteiga e tire a frigideira do fogo.

Faça uma camada de maçãs na frigideira, com o lado redondo para baixo, formando círculos concêntricos. Deixe bem apertadinho, pois as maçãs encolhem durante o cozimento. Quando tiver terminado a camada, corte a maçã que tiver sobrado em pedaços menores e acomode nos espacinhos que sobraram.

Devolva a frigideira ao fogo médio e deixe cozinhar (vigiando de perto) até que o açúcar atinja um tom caramelado (deve demorar uns 15 minutos). Desligue o fogo.

Cubra as maçãs com a massa folhada gelada, ajeitando-a nas laterais da frigideira para que cubra bem as frutas. Não se preocupe com as sobras de massa, ela encolhe depois de assar.

Asse por 30 a 40 minutos ou até que a massa folhar. Agora, a única parte difícil: acomode o prato de servir sobre a frigideira e, com rapidez, confiança e as devidas precauções, vire a torta sobre o prato e retire a frigideira. Se alguma maçã grudar na frigideira, remova-a delicadamente e acomode-a sobre a massa.

Deixe esfriar por 10 minutos antes de servir.

10 comentários:

Maria João Clavel disse...

Está linda! E eu a primeira versão também não alterei quase nada, acrescentei somente baunilha. A tua está maravilhosa. Beijinhos

Akemi disse...

Falando assim, até me animei a fazer esta torta! Ficou linda e super apetitosa! Com uma bola de sorvete de creme então... suspiros! Bjsss e bom final de semana!

Doce Final Feliz disse...

Ficou muito linda amiga, todos os teus medos foram ultrapassados!!
bjus
Cila

Maria disse...

Letícia,está maravilhosa esta sua tarte. Não entendo como uma fantástica cozinheira como tu se possa ter atemorizado perante uma receita! Foi mesmo "cismação";)
Uma vez que achou a tarte muito doce, sugiro que na próxima utilize maçãs reineta um pouco verdes pois dá um toque de acidez e marca a diferença ( foi como eu fiz). Com marmelos também fica deliciosa.
As melhoras para a tua gripe. Beijinhos da Maria

Gisela disse...

Ficou linda a tarte. Gostei muito deste desafio.
Obrigada pela visita e um beijinho

Pipas disse...

Ficou linda!!! Perfeita!!!
Eu tambem fiquei um pouco receosa e principalmente na parte de virar, mas correu super bem. Tambem me senti uma menina a experimentar coisas novas. Estou adorar estes desafios:)

Ginja disse...

Ficou linda! Tão bem caramelizada. E a abrir o apetite logo pela manhã :)
Um beijinho.

Renata Boechat disse...

Será? Pra mim parece perfeita!!!

Dricka disse...

Mas ficou lindona

Letrícia disse...

Maria João, agora que vi que não é difícil de fazer, estou mais à vontade para diminuir açúcar e manteiga e brincar com outros sabores :-)

Akemi, dizem que sorvete de creme é um dos melhores acompanhamentos para essa torta!

Cila, obrigada! Fiquei alegre feito menina ;-)

Maria, vou seguir suas dicas! E obrigada pelos elogios, não os mereço, me acho tããão iniciante... :-)

Gisela, obrigada também pela visita!

Pipas, fiquei com tanto medo de dar errado e (ó o drama) morrer queimada com caramelo quente... mas é mais simples do que a gente imagina :-)

Obrigada, Ginja!

Renata, as variações que as demais participantes do grupo fizeram me deram a certeza de que essa tarte pode ficar muito mais gostosa :-)

Dricka, obrigada!

Beijos, meninas! E desculpem a demora em responder!

Printfriendly