Pãezinhos girafa integrais

terça-feira, 10 de abril de 2012

Nunca tinha ouvido falar desses pãezinhos até conhecer uma história bem bonitinha sobre uma menininha de 3 anos e meio e uma empresa sensível aos pedidos de seus clientes. Desde então, senti uma simpatia crescente por essas gracinhas craqueladas, que lembram a pelagem de uma girafa, e que são chamados por muitos nomes diferentes - Dutch crunch breads, tiger breads, giraffe breads.

O que dá a aparência tão característica aos pães é uma pasta feita com farinha de arroz, espalhada sobre os pãezinhos antes de assá-los. Além de deixá-los bonitinhos, a pasta dá um croc-croc delicioso.

Para diminuir minha culpa, fiz uma versão semi-integral, usando um pouco farinha de trigo integral na massa e farinha de arroz integral na cobertura. Ficou muito bom!

Giraffe breads  
Receita adaptada daqui e daqui

Ingredientes (para 10 pãezinhos com pouco mais do que 80g):

1 colher (sopa) de fermento biológico seco instantâneo
1/4 de xícara de água morna
1 xícara de leite morno
1 1/2 colheres (sopa) de açúcar
2 colheres (sopa) de óleo de canola
1 1/2 colher (chá) de sal
1 xícara de farinha de trigo integral
Até 3 xícaras de farinha de trigo comum (eu usei 2 1/4)

Para a cobertura:
1 colher (sopa) de fermento biológico seco instantâneo
1/2 de xícara de água morna
1 colher (sopa) de açúcar
1 colher (sopa) de óleo de canola
1/4 colher (chá) de sal
3/4 de xícara de farinha de arroz integral


Modo de preparo:

Na tigela da batedeira, adicione o fermento, a água, o leite e o açúcar, misturando até que os ingredientes fiquem bem combinados. Deixe descansar por 5 minutos. A mistura deve ficar espumosa e com cheiro de fermento.

Adicione o óleo, o sal, a farinha de trigo integral e 1 xícara de farinha de trigo comum na tigela da batedeira. Usando o gancho de massa, bata em velocidade média até que tudo esteja bem misturado. Você vai obter uma massa pegajosa, com cara de mingau grosso.

Comece então a somar farinha, 1/4 de xícara de cada vez, até que a massa se desgrude das laterais da tigela. Quando isso acontecer, pare de adicionar farinha e deixe que a batedeira trabalhe por 4 minutos, em velocidade média. Acomode a massa em uma tigela levemente untada, cubra com filme plástico e deixe crescer por 1 hora ou até duplicar de volume.

Quando a massa estiver devidamente crescida, ligue o forno a 200ºC, limpe a sua superfície de trabalho e acomode nela a massa. Com os punhos, aperte a massa e extraia o ar acumulado. Divida-a em 10 porções e modele bolinhas. Acomode-as em assadeiras forradas com tapete de silicone (ou assadeiras bem untadas e enfarinhadas), cubra com filme plástico para que não ressequem e deixe crescer por 15 minutos, enquanto você faz a cobertura.

Numa tigela, adicione todos os ingredientes da cobertura e bata bem com um fouet. A mistura deve ficar com uma consistência mais pastosa (se ficar muito ralinha, não vai rachar da maneira certa). Adicione mais farinha de arroz ou mais água, se for o caso.

Cubra generosamente os pãezinhos que vai levar ao forno com a pasta de farinha de arroz. Pode usar uma colher ou uma espátula pequenina, daquelas de espalhar patê ou manteiga.

Asse os pãezinhos por cerca de 25 minutos ou até que eles fiquem com a cobertura rachada e douradinha. Retire-os do forno, remova-os da assadeira e acomode-os sobre uma grade para que eles resfriem.


Observação final:

É importante que a cobertura seja colocada sobre os pãezinhos imediatamente antes de eles irem ao forno. Se colocada antes disso, ela fermenta e fica com bolinhas (e perde o aspecto craquelado desejado - mas não compromete em nada o sabor, só a aparência). Ah, não se esqueça de misturá-la bem antes de usá-la.

9 comentários:

Marly disse...

Oi, Le,

Apesar de ter a receita destes pães em um dos meus livros, a primeira vez que vi a foto deles foi no blog Testado, Provado e Aprovado, de minha amiga Renata, onde eles aparecem com o nome de 'Pão Tigre".
Vendo os delas eu já fiquei inspirada e agora os seus me deixaram super motivada, principalmente por causa da idéia de fazê-los com a farinha integral, rsrs. Os seus ficaram lindinhos!

Beijoca e boa noite!

Ana Rita disse...

Que lindos que ficaram.Eu sempre os conheci como pão Tigre mas podemos chamar o que quisermos porque não deixam de ser uma delicia!

Bjoka
Rita

Eli disse...

Como ficaram lindos. Eu li sobre esses pãozinhos tem pouco tempo e já estava com vontade de fazer mas agora vendo aqui fiquei ainda mais intrigada para fazer a danada da receita. :)


Lica

Akemi disse...

Bom dia, Le! Esse pão eu sempre comprava nas padarias japonesas, é uma delícia mesmo essa casquinha por cima! Pra "piorar" mais ainda, era recheado com camembert, uma perdição! gostei da sua versão integral, aliás nem sabia que existia a farinha de arroz integral!
Estou vendo que o santo padeiro baixou com tudo por aqui! Que bom, nada se compara a pães caseiros! Hj tbm vou postar um pão! Estamos em sintonia!
Bjss

Os Babinhos disse...

Olá

Gostei muito destes paezinhos e do teu blog.

Convido-te a visitar o meu.

Bjinhos,

As Papinhas dos Babinhos

Cristina disse...

Eu amei esses pãezinhos...demais!!
Tigre ou girafa, são lindos!!

Patricia Scarpin disse...

Girafa é o meu bicho favorito! Que amor esses pãezinhos, Lê, adorei!

Letrícia disse...

Oi, Marly! Oi, Rita! Eu os chamei de girafa por causa da história da menininha e da Salisbury (e porque eu concordo com ela - parece mais girafa do que tigre ;-)). Mas eles são mais conhecidos como tigres, mesmo.

Lica, eu já tinha curiosidade sobre os pãezinhos, mas quando li que a casquinha era de farinha de arroz, não me aguentei e corri para prepará-los.

Akemi, que delícia, a versão japonesa. A farinha de arroz integral, achei num mercadinho especializado em alimentos integrais perto de casa.

Papinhas dos Babinhos, obrigada pela visita!

Obrigada, Cristina!

Girafas são muito legais mesmo, Pat :-)

Beijos, queridas!

Valentina disse...

Quando li o inicio do post tive quase certeza do que falavas. E o link confirmou. Estes paes sao muito populares. Outro dia mesmo fui fazer um piquenique com uma amiga e a familia dela, e ao fazer a lista a filha dela pediu logo 'tiger bread'. o que compramos tem óleo de gengibre. Os teus ficaram lindinhos.xx

Printfriendly