Pão integral com leite da Akemi

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Estou numa fase super padeira. Muito provavelmente porque pão é das coisas boas da vida de que a dieta não me privou (só me fez reduzir as quantidades).

Desta vez, fiz uma receita de uma das minhas musas, a querida Akemi. Optei por modelar em formato de pão de forma. Poderia ter usado uma forma média para assá-lo, mas preferi uma grande. Não chegou a prejudicar o crescimento do pão, mas ele confessou ter sentido um pouco de solidão :-p

Pão integral com leite

Receita ligeiramente adaptada daqui

Ingredientes:

1½ xícara de farinha de trigo integral
2 xícaras de farinha de trigo
1 ovo grande
2 colheres (sopa) de açúcar
1 colher (chá) de sal
250 ml de leite morno
2 colheres (chá) de fermento biológico seco instantâneo
50g de manteiga sem sal derretida e morna

Modo de preparo:

Na tigela da batedeira, acomode as farinhas, o sal, o açúcar e o fermento. Em outra tigela, misture o ovo, a manteiga e o leite com o auxílio de um fouet. Despeje a mistura líquida sobre os ingredientes secos, equipe a batedeira com o gancho para massas pesadas e trabalhe a massa até que ela fique lisa e elástica, soltando das paredes da tigela. Modele-a como bola e acomode em uma vasilha grande, levemente untada. Cubra com filme plástico e deixe crescer até dobrar de volume.

Transfira a massa crescida para a superfície de trabalho, murche-a com os punhos e cubra-a com um pano de prato limpo, umedecido, deixando descansar por 10 minutos. Modele como preferir (eu abri a massa em retângulo, enrolei como rocambole e acomodei em uma assadeira grande para bolo inglês, untada e polvilhada com fubá). Cubra novamente com o pano e deixe crescer até dobrar de volume.

Antes de levar o pão ao forno, faça talhos diagonais na superfície do pão, pincele com leite e salpique fubá. Asse em forno preaquecido a 200ºC por cerca de 35 minutos ou até que ele emita um som oco, ao levar pancadinhas com os nós dos dedos.


Deixe esfriar sobre uma grade por meia hora antes de comer.

10 comentários:

Cidália disse...

Que pão tão delicioso!
Beijinhos

Akemi disse...

Boa tarde, Lê! O pãozão pode ter se sentido solitário mas que ficou bonitão, ficou viu! ;)
Bjss e bom final de semana!

Danni e Lype disse...

Hummm!!! Posso me servir de um pedaço??? (risos)... É que está IRRESISTÍVEL!!! Parabéns!!!
Grande beijo e um ótimo final de semana, Irene

Renata Boechat disse...

Concordo com a Akemi, solitário ou não, ele ficou lindão!

Cristina disse...

Os pães que aparecem aqui são um mais lindo que o outro, parabéns!!

Gina disse...

Quando a gente olhe o pão, já tem vontade de fazer.
Estou gostando da sua fase padeira. O pão tipo girafa já venho namorando faz tempo, a receita guardadinha, mas um dia sai.
Boa semana!

Eli disse...

A sua fase padeira tem me inspirado viu? rs E esse pãozinho com um teco de queijo em cima e regado com mel. aff - Deus meu. rs


Lica

Kelly disse...

Vou fazer essa sua receita! Seu blog é maravilhoso! Só tem coisa boa! rss
Bj!

www.amenidadesdekelly.blogspot.com

As Receitas da Selene disse...

Ficou lindissimo. Parabéns.

Beijinhos

Letrícia disse...

Meninas, obrigada pelos comentários e desculpem por demorar tanto em respondê-los.

Cidália, obrigada!

Akemi, ele ficou bonitinho, mas meio baixinho. Mas isso não comprometeu o sabor ;-)

Irene, fique à vontade!

Renata, obrigada!

Obrigada, Cristina!

Gina, eu não sabia da existência desses pãezinhos até ler a história da menininha que escreveu pra Salisbury :-)

Lica, que ideia boa! Deu vontade de provar :-)

Kelly, obrigada! A receita é da Akemi, uma fera dos pães e de tudo que há de bom para se comer :-)

Obrigada, Selene!

Beijos a todas!