No-knead bread - uma outra receita

segunda-feira, 9 de julho de 2012

Já fiz no-knead bread algumas vezes e gostei muito do resultado, mas acabei parando de fazer. O tempo total da receita foi um dos fatores que me desestimulou: 12 a 18 horas de crescimento na geladeira, mais 2 horas de fora da geladeira, mais tempo de forno... afff.

Assim, quando conheci essa outtra receita, fiquei fã. Além de pequenas diferenças quanto às quantidades de ingredientes, há dois pontos que me conquistaram na receita: ela cresce fora da geladeira e não precisa de tanto tempo de espera depois da modelagem.

A receita admite trocar parte da farinha de trigo comum por outras farinhas. Já substituí 1 xícara dela pela mesma medida de farinha integral e de farinha de aveia. Ficou muito bom.

Na receita original, há muitas variações possíveis, que parecem saborosíssimas (a combinação de queijo, raspas de limão e alecrim me pareceu ótima). Qualquer dia desses, quero testar.

No knead bread com farinha integral
Receita adaptada daqui

Ingredientes:

3 xícaras de farinha de trigo comum
1 3/4 colheres (chá) de sal
1/2 colher (chá) de fermento biológico seco instantâneo
1 1/2 xícaras de água

Modo de preparo:

Em uma tigela grande, misture a farinha, o sal e o fermento. Adicione a água e misture com uma espátula de silicone até obter uma massa grudenta. Cubra a tigela com um filme plástico e coloque-a em local protegido e sossegado por 12 a 18 horas (eu deixo por 12 a 14 horas).

Passado esse período, remova a massa de dentro da tigela e acomode-a sobre um pano de prato limpíssimo, ricamente enfarinhado (pode usar farinha de trigo, fubá, farinha de aveia, o que tiver vontade). Modele-o em forma de bola, cubra com o filme plástico que usou para tampar a tigela e vá cuidar de ligar o forno a 230ºC. Quando ele estiver quente (uns 20 minutos depois), coloque lá dentro uma caçarola de ferro esmaltada com tampa e tudo (se o puxador da tampa não for resistente a calor, remova-o antes).

Após 30 minutos, retire a panela do forno com muito cuidado, destampe e, com o auxílio do pano de prato, acomode a massa dentro da caçarola. Tampe e leve ao forno por 30 minutos. Passado esse período, remova a tampa e deixe por mais 15 minutos. Remova cuidadosamente a caçarola do forno e retire o pão de dentro dela. Deixe-o esfriar sobre uma grade.

Observação final:

Eu disse no modo de preparo e repito agora: tome muito cuidado ao lidar com a caçarola de ferro. Ela fica muito, muito quente. Um descuido e AIAIAIAIAI.

9 comentários:

Mariana Pitanga disse...

Delícia de receita! vou tentar com certeza! Entrei numa fase de "fazer pães" coisa que nunca fiz antes :)
Só uma dúvida, a tigela onde a massa descansa e a caçarola que vai ao forno precisam ser untadas?
Obrigada, e parabéns pelo belo blog!
www.umapitanganacozinha.com

Letrícia disse...

Mariana, não precisam, não. Se quiser, pode até untar a tigela onde a massa cresce - não tentei, mas mal não deve fazer. A panela é desnecessário - ela fica tão quente que a massa forma casquinha seca assim que a toca, e não gruda mais.

Beijos!

Akemi disse...

Letícia, tbm gostei do preparo mais rápido dessa receita e vou experimentar logo que os pãezinhos que fiz pra essa semana acabarem!
Tem uma parte que li algumas vezes sem entender, de cobrir o filme plástico que usou para tampar a janela...
acho que vc quis dizer a tigela ne?
Fiquei curiosa com a versão de queijo e raspas de limão tbm, quando fizer nos conte o que achou!
Bjss e uma ótima semana!

Fê Dayrell disse...

Letrícia gostei demais da receita, o pão me deu água na boca, mas o tempo de preparo, vc tem razão, dá uma descrença na gente, mas vou ser resistente, vou fazer assim mesmo, algo esta me dizendo que vai valer a pena.
Só uma observação, na receita vc fala para colocar o filme que usou para cobri a janela, foi um erro, ou tenho que impedir a entrar de vento, mesmo?
bjo

Artes da Mel disse...

Letricia refiz essa receita a semana passada, fazia tempo q nao fazia! Eh ótima. Fiz duas porções menores e servi com com sopa creme de palmito!
Bjss
Mel

Letrícia disse...

Akemi, Fê, desculpem, eu tô loka! Vocês acertaram, é o filme plástico que você usou para tampar a tigela, não a janela. Credo. Já corrigi, obrigada pelo toque!

Beijos!

anapaulaml disse...

Olá,

Adoro fazer pão em casa e o teu ficou com um aspeto tão delicioso que já levei a receita.

beijinhos

Valentina disse...

Este pão da foto esta lindo. Com uma crostinha. Imagino só tirando um pedaço com as maos,e passando uma manteiguinha boa nela. Daí um golinho de cafe. vou ficar de olho na variações.

Priscila Beneducci disse...

ESTE PAO É INTERESSANTE FAZ TEMPO QUE ESTOU DE OLHO NELE

Printfriendly