Bolo de mel da Rita Lobo

domingo, 21 de outubro de 2012

Não sou uma grávida de muitos desejos alimentares. Um dos poucos que tive até agora foi por bolinho de bacalhau (que não considero plenamente satisfeito - ainda não comi "O" bolinho perfeito). Mas houve uma comidinha das férias - um bolo - que ficou na minha memória. Comi uma microfatia no hotel, no café da manhã. Era a semana de Rosh Hashaná (ano novo judaico) e o bolo, como não podia ser diferente, era de mel. Era tão fofo, tão cheiroso...

Voltei para a minha rotina, mas a vontade de mais um pedaço daquele bolo não me deixava. Fui atrás de receitas, mas só encontrava bolos inspirados no pão de mel, recheados com doce de leite e cobertos com chocolate (que, convenhamos, têm o seu valor, mas não eram bem o que eu queria). Foi quando topei com essa receita no Panelinha, da fada-musa-diva Rita Lobo. É do jeitinho que eu queria: fofíssimo, com uma cor linda e um cheiro de fazer qualquer ser humano (e abelha) perder o juízo. Não é muito doce, dá para comer muitas fatias seguidas. Pena que eu não posso :-P

Levei-o para o trabalho e foi um sucesso. Preparei mais um e mandei para o trabalho do hômi. Outro show.

Convenci você? Então, procure um pote de mel na sua despensa e corra pra cozinha!

Bolo de mel

Receita adaptada daqui

Ingredientes:

5 ovos
½ xícara (chá) de óleo de canola
1 ¼ de xícara (chá) de mel
¼ colher (chá) de canela + ¼ colher (chá) de pimenta da Jamaica (substituí por 1/2 colher de chá de mix de especiarias para pão de mel, da Bombay)
2 xícara (chá) de farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento em pó
½ xícara (chá) de açúcar

Modo de preparo:

Preaqueça o forno a 150º C (temperatura média). Unte com manteiga e polvilhe com farinha uma assadeira grande (capacidade para 10 a 12 xícaras) de furo no meio.

Separe as claras das gemas. Passe a farinha e o fermento pela peneira.

Na batedeira, bata as claras em neve. Quando começarem a espumar, junte o açúcar aos poucos, sem parar de bater, até que as claras fiquem firmes.

Em outra tigela da batedeira, junte o óleo, o mel, as gemas e as especiarias. Bata em velocidade alta, até ficar uma mistura fofa. Diminua a velocidade e, aos poucos, junte a farinha com o fermento peneirados. Bata bem, até que a massa fique homogênea.

Coloque metade das claras na massa de mel e continue batendo. Desligue a batedeira e misture a metade restante delicadamente com um espátula, em movimentos circulares, de baixo para cima.

Deite a massa na forma preparada e leve parar assar por 1h15 (esse tempo depende muito do seu forno - faça o teste do palito). Tire do forno e deixe esfriar por 5 minutos antes de desenformar.

Observações finais:

* A receita original da Rita leva nozes picadas. Como eu não gosto muito de nozes, não usei, mas creio que seja uma boa adição. Ela as torra ligeiramente no forno e depois as passa por um pouquinho de farinha antes de adicionar à massa do bolo.


* Não se deixe enganar pelo volume da massa na tigela da batedeira - pode não parecer tanto, mas esse bolo cresce incrivelmente. Da primeira vez que fiz, ele chegou a vazar da forma, que era média (só não fez porcaria no forno porque eu sempre uso uma assadeira de pizza sob as formas para essas eventualidades). Então, forma grande, tá?

6 comentários:

Cidália disse...

Isso é um mega bolo!
Beijinhos

menuaquarela disse...

Letricia.
Bolo de mel é muito bom!!e dá desejo até em quem não está gravida. Como parte da família é judaica eu sempre faço bolo de mel nesta ocasião, e o cheirinho e sabor é delicioso. Gostei muito desta receita e já está copiada. Ficou muito lindo
Beijinhos da Gina

Aline disse...

O que eu achei mais incrível é que não leva leite!

Patricia Scarpin disse...

Bolo de mel é PERDIÇÃO no mundo, gente! Tá lindão, hein, Lê? Eu teria feito sem nozes tb.
xx

Leandra Ishibe disse...

É a primeira vez q visito seu blog e fiquei encantada com esse bolo de mel,vou anotar a receita,pois adoro bolos q crescem bem como esse,lindo blog parabéns!

Unknown disse...

Acabei de fazer, que delícia! Doce na medida certa!

Printfriendly