Granola de amêndoas, coco e cacau

domingo, 1 de fevereiro de 2015

Granola de cacau, amêndoas e coco (na mão)

Esta é, sem dúvida, a granola mais gostosa que já comi na vida. Ela é tão boa, mas tão boa, que chega a ser ruim, pois eu não consigo parar de comê-la. É sério - preciso me servir dela e guardá-la imediatamente para não correr o risco de ficar beliscando as amêndoas e os gruminhos o tempo todo.

A receita é do primeiro livro da Joy Wilson, de quem eu estou ficando cada vez mais fã. Essa moça sabe das coisas!

Granola de cacau, amêndoas e coco
Receita adaptada daqui

Ingredientes:

4 xícaras de aveia em flocos grossos
1 xícara de amêndoas cruas, ainda com a pele
1 xícara de coco em flocos adoçado
1/2 colher (chá) de canela em pó
2 colheres (sopa) de cacau em pó não adoçado
1/2 colher (chá) de sal
1/2 xícara de açúcar (usei açúcar de coco, bem apertadinho na xícara medidora)
1/4 de xícara de mel
1/3 de xícara de óleo vegetal (usei óleo de coco)
2 colheres (sopa) de manteiga
2 colheres (chá) de extrato de baunilha

Modo de preparo:

Preaqueça o forno a 180ºC. Forre uma assadeira para cookies (isto é, uma assadeira grande e rasa) com papel manteiga.

Em uma tigela grande, misture juntos a aveia, o coco, as amêndoas, a canela, o cacau e o sal. Reserve.

Em uma panela média, combine o açúcar, o mel, o óleo e a manteiga. Leve ao fogo médio mexendo constantemente até que o açúcar dissolva e a mistura comece a borbulhar. Remova do fogo e misture o extrato de baunilha. Espere amornar.

Derrame a mistura de açúcar sobre os ingredientes secos e misture bem com uma colher de pau até que tudo fique bem úmido. Espalhe a a mistura na assadeira previamente preparada formando uma camada uniforme.

Asse por 30 minutos na grade do meio do forno, retirando a assadeira a cada 10 minutos para revolver a granola. Ela ficará lindamente dourada e cheirosa quando pronta.

Remova do forno e deixe esfriar completamente na assadeira antes de acondicioná-la em um pote com fechamento hermético. Ela se conserva bem por algumas semanas.

Observação final:

* Update (set/2015): Às vezes a gente se deixa levar pelo entusiasmo de gente bem intencionada - profissionais da área de nutrição, inclusive - e se joga em um determinado ingrediente, confiando em seus benefícios à saúde. Foi o caso do óleo de coco. Hoje, sabe-se que ele não é tão amigão da saúde assim (veja o posicionamento oficial da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia e da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica). Assim, fique à vontade para substituir o óleo de coco utilizado nesta receita por outro de sua preferência.

Um comentário:

Clara Brito disse...

Gosto muito de granola. Ficou bom aspecto.

Beijinhos,
Clarinha

http://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2015/02/quinze-dias-com-curtis-stone-e-um.html

Printfriendly