Creme gelado de amendoim com cobertura de chocolate

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

De uns tempos para cá, o amendoim virou queridinho do pessoal fit/funcional. O bichinho tem, mesmo, muitas qualidades nutricionais: gorduras do bem, vitaminas e sais minerais. Mas, de verdade, meu caso de amor com ele não tem nada a ver com os benefícios que ele proporciona. Desde criança, eu gosto é do sabor.

E pode ser de qualquer jeito - torrado e salgado, tipo praliné, com capinha salgada, no pé-de-moleque, no cajuzinho... e a forma suprema, a mais gostosa de todas: paçoca. Eu não tenho a menor compostura diante de paçoca.

Daí que um dia, a minha marca preferida de paçoca lançou a sua versão cremosa. Provei e senti até frio na espinha diante do potencial destruidor daquilo - eu poderia comer o pote inteiro de colherzinha, em uma sentada. Tratei de usá-la em uma receita e me prometi manter distância pro resto dos tempos.

Só que hoje, amores, é Dia da Gula. Por isso, eu venho aqui trazer um creminho gelado de amendoim que é um escândalo, de bom. E que pode ser comido sem tanto peso na consciência. Quer mais benefícios? É sem glúten, sem lactose, vegano e super saudável.

Sei que há uma chance considerável de você ler a lista de ingredientes e torcer o nariz. Digo isto porque eu torceria, se fosse você. Mas dê uma chance ao creminho. É muito, muito bom. A sensação é de comer paçoquinha cremosa. Mas sem peso nem na consciência, nem no estômago.

Creme gelado de amendoimReceita adaptada da equipe Natue

Ingredientes:

250 g de biomassa de banana verde*
6 colheres (sopa) de creme de amendoim natural com açúcar mascavo
4 colheres (sopa) de açúcar mascavo
1 xícara de leite de amendoim* (pode usar leite de amêndoas ou algum leite de origem vegetal suave)

Opcional - cobertura de chocolate
50 g de chocolate amargo em pedacinhos
2 colheres (chá) de óleo de coco

Modo de preparo:

Mais simples, impossível: no copo do liquidificador, junte o leite vegetal, a biomassa, o creme de amendoim e o açúcar mascavo e bata bem até ficar liso e cremoso.

Enquanto o creme bate, derreta juntos o chocolate e o óleo de coco (em banho-maria ou no micro-ondas, tanto faz). Misture bem até ficar homogêneo.

Divida o creme entre 6 tacinhas com capacidade para 110 ml. Com uma colher de chá, espalhe o chocolate sobre os creminhos. Leve para gelar por, pelo menos, 1 hora antes de servir. O chocolate vai endurecer e formar uma capinha dura.

Creme gelado de amendoim_2
Em potinhos descartáveis, para levar para os coleguinhas ;-)

Observações finais:

* Este post é fruto da parceria do blog No Calor do Fogão com a Natue e reflete a minha opinião sincera sobre a loja e seus produtos.

* Você não me perguntou, mas eu conto mesmo assim: cada potinho desses tem cerca de 260 calorias, já contando com a frescurinha de chocolate amargo por cima.

* Você também não perguntou, mas eu conto mesmo assim: um pote de 180g de paçoquinha cremosa tem 1240,8 kcal. A mesma quantidade deste creminho tem 338,4 kcal. E você ainda leva todos os benefícios da biomassa de banana verde.

* Se quiser, você pode fazer a biomassa de banana verde em casa. No blog Cuecas na Cozinha, há um post super bacana que explica passo a passo.

* "Tá doida, fia, leite de amendoim?" - SIM! Eu andei me aventurando no mundo dos leites vegetais. Vai ter post sobre isso muito em breve.

Um comentário:

morganna rocha disse...

Curti demais, quem sabe eu faça por aqui, creme de amendoim nunca é demais!

Printfriendly