Bolo de chocolate, café e rum

terça-feira, 5 de julho de 2016

Se você chegou a ver este post no dia 1º, desculpe por tê-lo tirado do ar! Eu havia preparado o texto e programado a publicação enquanto aguardava que as fotos fossem tratadas pelo Rodrigo (um amigo do trabalho que arrasa na fotografia - por sinal, são dele as fotos desses posts aqui e aqui). Acabou que a vida aconteceu e o Rô não conseguiu terminar antes de o post ir ao ar. Cuén.

Ah, além de fotógrafo, Rodrigo é um diretor de arte espetacular - as últimas versões do blog foram feitas por ele em parceria com o querido Alan ;-)

-------------------------------------------------------------------

Bolo de chocolate, café e rum_2

Um sucesso escandaloso - esta é uma boa maneira de descrever este bolo. Era para eu o ter preparado no início de junho, para o aniversário do querido D., mas acabei ficando bichada da coluna. O dia festivo passou, mas a intenção se manteve firme e forte. Daí que, no fim do mês, abriu-se uma raríssima janela de tempo livre. Aproveitei para prepará-lo.

É um bolo muito simples de fazer. O maior trabalho é untar a forma, se você optar por usar uma trabalhadona que nem a minha. A principal recomendação que posso fazer é: use os melhores ingredientes possíveis para um resultado excelente. Aposte em um bom café, um chocolate de boa qualidade, um rum bacana e se prepare para ouvir os elogios mais apaixonados de todos os tempos.

Ah, importantíssimo: ESTE NÃO É UM BOLO PRA CRIANÇAS! Ele tem uma quantidade considerável de rum e de café, não sendo recomendável para gente pequena.

A receita é da genial Joy Wilson. Eu a segui o mais fielmente possível, morrendo de medo da quantidade de álcool. Mas tive uma agradável surpresa: embora o cheiro de rum fique muito presente, o bolo não fica com gosto alcoólico. P-E-R-F-E-I-Ç-Ã-O.

Minha recomendação é - faça. Faça logo. Você merece.

Bolo de chocolate, café e rum_1Receita ligeiramente adaptada daqui

Ingredientes:
(Minha xícara de chá tem 240 ml de capacidade)

Para o bolo:
Manteiga e cacau em pó para a assadeira
3 xícaras (chá) de farinha de trigo
1 1/2 colheres (chá) de bicarbonato de sódio
3/4 de colher (chá) de sal
340 g de chocolate meio amargo picado (usei o 70% kosher parve da Callebaut)
300 g de manteiga sem sal, picada
1 xícara (chá) de rum escuro (usei rum claro)
1 1/3 de xícara (chá) de café forte, fresco (usei o Ciocattino da Nespresso)
2 1/4 de xícara (chá) de açúcar
3 ovos grandes ligeiramente batidos
1 1/2 colheres (chá) de extrato de baunilha

Para a calda:
1/2 xícara (chá) de açúcar
1/2 xícara (chá) de água
2 colheres (sopa) de cacau em pó

Modo de preparo:

Ligue o forno a 150ºC. Unte com manteiga uma forma de anel grande (com capacidade para 12 xícaras de massa). Polvilhe com cacau em pó, batendo para retirar o excesso.

Em uma tigela, com o auxílio de um fouet, misture a farinha, o bicarbonato e o sal. Reserve.

Em uma tigela refratária, junte a manteiga e o chocolate e leve ao micro-ondas por 30 segundos para derreter. Misture bem (bem mesmo) e repita o procedimento até que o chocolate e a manteiga formem uma mistura lisa e homogênea (para mim, foram necessárias 3 sessões de 30 segundos e uma de 15 segundos).

Despeje o chocolate derretida na tigela da batedeira e adicione o rum, o café e o açúcar. Misture em velocidade lenta até ficar uniforme. Ainda em velocidade lenta, some a farinha, 1/2 xícara de cada vez, raspando as laterais da tigela sempre que necessário. Por fim, acrescente os ovos e o extrato de baunilha e misture até ficar bem combinado. A massa ficará bem líquida - não se assuste, é assim, mesmo.

Verta a massa na assadeira preparada e leve o bolo para assar na grade central do forno até que ele passe no teste do palito. A Joy indicou 1h50 de tempo de forno; como eu usei uma assadeira um tantinho menor (10 xícaras), meu bolo demorou bem menos para assar - cerca de 1h.

Deixe o bolo esfriar completamente na assadeira, sobre uma gradinha, antes de desenformar.

Prepare a calda: combine os ingredientes em uma panela e leve ao fogo alto até ferver, mexendo regularmente (fique de olho, a mistura sobe quando ferve). Abaixe o fogo e deixe a calda reduzir de volume até a metade, mexendo de vez em quando. A consistência esperada é semelhante àquelas caldas para sorvete industrializadas.

Despeje a calda sobre o bolo - o momento, você define de acordo com o seu gosto. Quando ela está quente, é fluida. Quando está fria, é bem espessa.

Sirva puro, com chantilly ou com uma bola de sorvete de sabor suave. Fica delicioso com café (claro) ou com cerveja escura (tipo stout).

Bolo de chocolate, café e rum_3

Observações finais:

* Use chocolate sem lactose e ghee, no lugar da manteiga, para um bolo lacfree. O meu ficou com um tiquinho de lactose, pois usei manteiga normal. Mas não fez mal aos intolerantes ao meu redor.

* A calda de cacau foi adição minha. Se preferir, faça uma calda simples com rum e açúcar impalpável - 2 a 3 colheres (sopa) de rum para 2 xícaras (chá) de açúcar. Ou, ainda, polvilhe o bolo com uma nuvenzinha de açúcar impalpável.

* Usei duas formas para preparar este bolo: uma com capacidade para 10 xícaras e outra com capacidade para 2 xícaras. O bolo pequeno foi confiscado pelo hômi, que caiu de amores por ele (mesmo com todo o café da massa!).

* Para quem se interessou pela forma, ela é da marca Nordic Ware, modelo Heritage. Não é silicone, é alumínio fundido. A minha foi presente, mas, se eu não me engano, foi comprada na Amazon, num tempo em que o dólar e o IOF eram muuuuuito mais baixos.

5 comentários:

A Casinha das Bolachas disse...

Tem um aspeto maravilhoso! Rum, Café e Chocolate é uma combinação vencedora! :)

Beijinhos Ana

http://acasinhadasbolachas.blogspot.pt/

Clara Brito disse...

Hummm bolo de café, chocolate e rum só pode ter ficado delicioso.

Beijinhos,
Clarinha
http://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2016/07/ovos-mexidos-com-alheira-vegetariana.html

Diogo Domingues disse...

Bolo maravilhoso, Leticia! Valeu demais!
Beijos!
D.

Flávio A disse...

Letícia, meu forno não tem essa temperatura de 150 graus. Assando a 180, em um tempo menor, será que funciona? Beijo!

Letrícia disse...

Flávio, há um risco de o bolo não dar muito certo (ficar ressecado por fora e meio cru por dentro). Tente fazer o seguinte: coloque na temperatura mais baixa que conseguir e deixe a porta do forno entreaberta (prenda uma colher de pau na porta, assim ela fica só um pouquinho aberta, mas o suficiente para baixar a temperatura do forno). Depois me conte se deu certo! Beijos!

Printfriendly