Antepasto de jiló

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Meu nome é Letícia, tenho 40 anos e provei jiló pela primeira vez há menos de um mês. Eu sei, eu sei, para alguém que se orgulha de ter um paladar mais aventureiro, isso é uma vergonha. Mas eu simplesmente não encontrava oportunidade de comer jiló. Ninguém me ofereceu e eu me acomodei com isso.

Até que um dia, comendo num self-service de shopping, encontrei jiló. Peguei um pouquinho para provar e, gente, eu gostei tanto! Achei parecido com berinjela - um pouco mais amargo, é bem verdade, mas muito bom!

Desde então, sempre que encontro, trago um pouquinho de jiló pra casa e encontro um jeito diferente de saborear. Da última vez, aproveitando a semelhança entre jiló e berinjela, fiz um antepasto de forno parecido com este daqui. Ficou tão saboroso que trouxe aqui para você provar também.

Antepasto de jiló
Receita adaptada daqui

Ingredientes:

1 dúzia de jilós
1 abobrinha média
1 pimentão amarelo
250g de tomate-uva
1 1/2 cebolas médias
1 dente de alho grande
2 colheres (sopa) de alcaparras em conserva, enxaguadas e escorridas
1/3 de xícara de passas pretas
2 colheres (sopa) de azeite extra-virgem
1 1/2 colheres (sopa) de vinagre balsâmico
1 colher (chá) de sal
1 colher (chá) de pimenta calabresa
1 colher (chá) de orégano seco

Modo de preparo:

Higienize os jilós, os tomates, a abobrinha e o pimentão. Corte-os em cubinhos de mais ou menos 1 cm e acomode-os em uma tigela grande, com tampa. Descasque o dente de alho e as cebolas. Corte o alho em pedaços grandes e a cebola em cubos de 1 cm. Acrescente-os à tigela, junto com os outros legumes. Some, por fim, as passas e as alcaparras à mistura.

Despeje sobre os legumes o azeite, o vinagre balsâmico, o orégano, a pimenta calabresa e o sal. Tampe bem a tigela e gire-a vigorosamente para que os legumes fiquem bem distribuídos e temperados de forma uniforme.

Forre uma assadeira grande com papel alumínio e, sobre ele, distribua os legumes. Leve ao forno preaquecido a 180ºC até que os legumes fiquem bem macios (1h30, mais ou menos).

Fica mais gostoso servido frio. E, nos dias seguintes, fica ainda melhor!

3 comentários:

Marly disse...

Oi, Le,

Primeiramente, muito obrigada pelos cumprimentos gentis, por causa do aniversário do blog!
Quanto ao jiló, eu sou fã dele também, embora o consuma muito pouco em minha própria casa, já que aqui só eu gosto desse vegetal. Mas eu não resisto a um prato com jilós, mesmo que seja só um refogadinho, rsrs. O seu antepasto é muito rico e chique, cheguei a vê-lo numa mesa de festa formal!

Beijo e uma ótima semana pra você!

Mari Azevedo disse...

Lê,

Sabe que eu também nunca comi jiló??
E, pelos mesmos motivos que você, com o adendo de que o marido (bem chatinho, em se tratando de experiências gastronômicas) detesta - e também detesta berinjela! :(
Sempre que faço algo com berinjela aqui, como tudo sozinha (ou faço nas reuniões de família, onde tem mais gente e todos gostam), pois a aversão do Marcelo é tamanha, que ele consegue contaminar o Albertinho: mesmo sem provar, qdo vê o pai falando horrores, automaticamente fala que também nao gosta. Dose né?
Vou dar um jeito de fazer esse antepasto delicioso, e algumas receitinhas com jiló, mesmo que tenha quase certeza de que vou comer sozinha. rrsrss
Bjos,

Mari
playfulcuisine.blogspot.com

Clara Brito disse...

Que bom aspecto ficou esse antipasto.

Beijinhos,
Clarinha
http://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2016/11/segundas-sem-carne-e-uma-ovos-mexidos.html

Printfriendly