Brownies quádruplos de coco e chocolate

segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Sou muito curiosa em relação a ingredientes incomuns. Foi assim que conheci a farinha de coco, um ingrediente com propriedades nutritivas interessantes, mas um tanto caprichoso de se usar. Ela pode substituir a farinha de trigo em bolos? Sim! Na mesma proporção? De jeito nenhum.

A farinha de coco tende a absorver a umidade das massas, resultando em bolos que se esfarelam e viram um amontoado de migalhas na primeira garfada. A solução é usá-la substituindo apenas parte da farinha comum. Ou, ainda, usar muitos ovos.

É o caso desses brownies, que levam coco em diferentes formas (farinha, açúcar, óleo e leite), além de uma bem vinda dose de chocolate. Para que fiquem com uma textura legal, são necessários 6 ovos.

"E vale a pena?", você me pergunta. Do ponto de vista nutricional, esses brownies são uma beleza: a farinha de coco é low-carb, sem glúten e rica em fibras; o açúcar de coco é rico em sais minerais e tem baixo índice glicêmico; o óleo de coco é um queridinho da culinária saudável; e o leite de coco é uma alternativa nutritiva e saborosa para quem não pode com leite/lactose. De quebra, tem a proteína dos ovos, tão querida pela galera fit.

E é gostoso, fia? Vamos por partes. A textura, para mim, é um ponto fraco. Não tem nada a ver com a textura que eu gosto em brownies - a fudgy. Sabe o que me lembrou? Pudim de pão daqueles de padaria, que tem textura bem firme. Dito isso, vou contar que quase precisei me amarrar para não dar cabo da fornada de testes sozinha. Meus colegas de trabalho disputaram a tapa cada um dos pedacinhos e todo mundo - TODO MUNDO - pediu receita.

É muito gostoso. Se você também é cheio de curiosidade por esses ingredientes diferentões, faça. Se você quer uma opção de brownie deliciosa mas um pouco mais saudável, faça. Se você adora coco e chocolate, faça. FAÇA. De nada. ;-)

Brownies quádruplos de coco
Receita ligeiramente adaptada daqui

Ingredientes:

1/3 de xícara de óleo de coco
1/2 xícara de cacau em pó não adoçado
6 ovos
1 1/4 de xícara de açúcar de coco
1/4 de xícara de leite de coco
1 colher (chá) de extrato de baunilha
1 pitada de sal
1/2 xícara de farinha de coco
Gotas de chocolate 70% sem lactose, para decorar (opcional)
Nibs de cacau para decorar (opcional)

Modo de preparo:

Preaqueça o forno a 180ºC. Forre uma assadeira quadrada de 20 cm com papel alumínio, deixando uma sobra de uns 5 cm nas laterais da assadeira (elas formarão 'alças' que ajudarão muito na hora de desenformar o bolo). Unte com óleo de coco o papel alumínio (mas não as 'alças').

Em uma panelinha, leve ao fogo o cacau e o óleo de coco, mexendo sempre até o óleo derreter e a mistura ficar uniforme.

Em uma tigela grande, combine os ovos, o açúcar de coco, o leite de coco, o extrato de baunilha e o sal. Adicione a mistura de cacau morna e misture bem. Some então a farinha de coco e mexa até incorporar.

Despeje a massa na assadeira preparada, espalhando uniformemente com o auxílio de uma espátula. Espalhe gotas de chocolate e nibs de cacau por cima, se desejar.

Leve ao forno por 30 minutos ou até que os brownies passem no teste do palito. Deixe esfriar totalmente antes de cortar.

Observação final:

* Quando terminar de misturar a massa, você vai ter certeza de que não vai dar certo - a massa é totalmente líquida. Tenha fé, que ela ganha consistência enquanto assa.

* Antes que você me xingue, eu já aviso - esses brownies são chatinhos de desenformar. Podem grudar no papel alumínio e não aguentam um manejo menos paciente (a estrutura é mais frágil do que a dos brownies comuns). Força na peruca. Ou, ainda, use uma forma descartável de alumínio com capacidade para 1500 mL, que gruda menos e que ainda pode ser rasgada sem dó nem piedade.

2 comentários:

Clara Brito disse...

Já comia um quadradinho desse brownie.

Beijinhos,
Clarinha
http://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2016/11/segundas-sem-carnes-feijoada-de-soja.html

Cristina disse...

Sem dúvida maravilhoso, deve ter um sabor intenso incrível! Só sinto que esses ingredientes diferentes tenham um preço tão elevado, fica complicado tê-los sempre à mão.
Boa semana!

Printfriendly