Frango ao gengibre (shogayaki)

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Quem aí é marmiteiro? Eu sou - por necessidade e por gosto. Como trabalho em horário corrido, preciso comer rapidinho, frequentemente diante do computador. Poderia me virar com restaurantes delivery, mas não curto muito - é caro, demorado e, muitas vezes, decepcionante. Aí, acabo preferindo trazer minha comida de casa.

A lancheira térmica que uso no dia a dia é daquelas com plaquinhas de gel embutidas, que a gente guarda dobradinhas, no freezer. Ela é ótima, super compacta. Mas exige que eu acondicione minha comida em potinhos pequenos. E, claro, que eu dê preferência a refeições que funcionam bem nesses potinhos.

Bife à parmegiana, por exemplo, é uma delícia, mas pense na encrenca que é cortá-lo em um pote pequenino. Batata recheada é pura lindeza, mas no pote só cabe uma, bem esmagada e sem mais nada. Sacou o drama? Isso me faz alguém que curte muito receitas que são fáceis de acondicionar e que não exijam mais do que um garfo (ou hashi) para serem comidas. Como este franguinho delicioso.

Essa é uma daquelas receitas que você faz num instante - perfeita para mim, que só consigo cozinhar durante a semana depois que as crianças já dormiram. Tudo que você vai precisar é de um liquidificador, uma frigideira grande (se tiver uma wok, melhor ainda) e alguns ingredientes disponíveis nos mercadinhos japoneses ou nas gôndolas de produtos orientais do supermercado.

A receita original é da mãe da querida Irene, do blog Danni e Lype. Da próxima vez que eu preparar (ahn, toda semana? Hahaha), quero colocar um pouco mais de gengibre - adooooro gengibre. E, talvez, diminuir um pouco a quantidade de shoyu (para o meu paladar, poderia ser um pouquinho menos).

Shogayaki de frango
Receita adaptada daqui

Ingredientes:

1 cebola grande
1 pedaço de gengibre (aproximadamente 5 cm de comprimento)
1/2 xícara de molho de soja (shoyu) - penso em reduzir para 1/3 de xícara
1/2 xícara de azeite de oliva
1/3 de xícara de saquê mirin (licoroso)
2 colheres (sopa) de vinagre de arroz
1 dente de alho médio
1 colher (chá) de açúcar
2 colheres (sopa) de manteiga
800 gramas de peito de frango em tiras
Cebolinha picadinha para servir

Modo de preparo:

Descasque e divida o gengibre no meio. Reserve uma das metades. A outra, corte em tirinhas bem finas. Descasque também o alho e a cebola (corte-a em pedaços médios).

Bata no liquidificador a cebola, a metade reservada do gengibre, o shoyu, o azeite, o saquê, o vinagre de arroz, o dente de alho e o açúcar até ficar bem uniforme. Reserve.

Em uma frigideira grande (usei uma wok imensa), derreta uma colher de sopa de manteiga e frite o gengibre em tirinhas até ele liberar seu perfume. Adicione então 1/4 do frango. Deixe que as tirinhas dourem bem. Acomode o frango já pronto nos cantos da frigideira (se a sua frigideira for pequena, remova-o para um prato) e acrescente mais 1/4 do frango. Deixe que doure e novamente acomode dos lados da frigideira ou remova para o prato.

Adicione à frigideira o restante da manteiga, deixe que derreta e repita o processo até que todo o frango esteja douradinho. Depois que todo o frango estiver pronto, devolva-o à panela (se precisou removê-lo, claro), adicione a mistura do liquidificador e deixe cozinhar até o molho reduzir e ficar mais denso.

Sirva quente, com cebolinha picada por cima e arroz branco com furikake (um condimento japonês a base de peixe seco e algas) para acompanhar.

Observação final:

Se você olhar a receita original, verá que eu quadrupliquei a quantidade de frango, mas só dobrei a quantidade de molho. Prefiro o meu shogayaki com menos molho (até para diminuir o risco de espirrar na minha roupa e eu ter que trabalhar o resto do dia manchada). Mas faça como achar melhor.

Nenhum comentário:

Printfriendly